5 Refeições Temáticas e Económicas para o Halloween - Perfeitamente Imperfeito

sexta-feira, 18 de setembro de 2020

5 Refeições Temáticas e Económicas para o Halloween

A minha mãe é professora. E a melhor que conheço, diga-se. Mas seria ainda melhor enquanto party planner. A mulher tem uma visão estética e valoriza os detalhes de uma forma única e capaz de tornar qualquer momento especial.

Em 2013 ou 2014, a minha mãe decidiu fazer um jantar temático de Halloween e a partir dessa altura tem sido sempre a subir! O nosso pequeno jantar temático de família - que nunca foi pequeno porque somos 6 - tornou-se um evento muito esperado na família e no último ano as seis pessoas passaram quinze!

Independentemente das crenças ou nacionalidades, acredito que qualquer motivo é bom para reunir a família, dar largas à criatividade e passar um serão divertido.

Para além das decorações, o que salta  sempre à vista na mesa é a própria refeição. Não precisam de ingredientes chiques, nem grandes gastos para ter uma refeição divertida e fora do normal.

Bolo de Cocó com Olhos de Troll

Se tiverem atenção ao prato do bolo vão ver que esta é a receita mais rápida da história mas, como todas, também exige a sua perícia. Não desesperem! Estou aqui para vos guiar. 

Ora bem: dirigem-se a uma superfície comercial e comprar um bolo de cocó. Obviamente que por causa das inspeções ele estará identificado como chocolate ou brigadeiro para enganar os Muggles. Dirigem-se ao LIDL e comprar os olhos de troll recheados. Abrem o bolo. Abrem os olhos de troll. Colocam os olhos de troll em cima do bolo de cocó.

Depois desta árdua tarefa certamente já vão estar exaustos mas encontrem dentro de vocês as formas para agarrar num garfo e desfrutar da vossa obra prima e do vosso Halloween. 

Ou então comam mesmo à mão, assim estilo Viking, de qualquer das formas é Halloween!


Vassouras de Bruxa e Queijo

Nada grita Halloween como vassouras de bruxa e estas são as mais simples que podia haver. Precisam de ter grissinis, queijo fatiado e cebolinho/salsa/coentros. Cortem a fatia de queijo em tiras até cerca de dois terços da fatia (como na imagem) e enrolem à volta do grissini. Nós tentámos "atar" com salsa se não me engano mas não correu muito bem como podem ver, por isso é algo ainda a traabalhar.


Ratinhos de Esgoto

Ora bem, estes ratinhos são dignos de estrela Michelin e, como tal, a sua preparação tem de ser exímia e cuidada por isso prestem atenção. Abram um pacote de tostas (gosto muito destas da marca Continente ou Pingo Doce). Abram um queijinho da vaca e prantem com ele em cima da tosta. Com carinho, obviamente. 

No pico da nossa pirâmide de queijo coloquem duas sementes de girassol (ou algo semelhante que tenham em casa) para fazer os olhos. Para as olherinhas usámos rodelas de salsicha. Para o rabinho usámos salsa. 

Tudo comestível, portanto é só agarrar e comer!


Pêras Diabólicas 

Estas pêras geraram muitos mixed feelings na minha pessoa. Primeiro, achei-as adoráveis. Com o decurso da noite achei que estavam só à espera que eu me fosse deitar para me matarem. Como o seguro morreu de velho, fiz questão de garantir que não sobrava nem uma quando me fui deitar. 

A ideia era fazer pêras bêbadas mas o tempo não deu e comprámos pêra enlatada inteira. Num prato branco colocámos geleia de morango - eu disse que estas cabras eram sanguinárias! - e depois as pêras por cima. A boca diabólica foi feita com sementes de girassol, os olhos com a mesma geleia de morando e o cabelo com coentros.


Ovos Podres com Aranha

Se ovo podre já é mau, imaginem um ovo podre com um belo aracnídeo a vaguear lá por cima. Dificilmente encontram algo mais Halloween!

 Mais uma receita apenas apta para os grandes mestres culinários. Ora atentem: cozam um ovo, cortem ao meio - depois de cozido e devidamente descascado, a não ser que tenham convidado o vosso pior inimigo. Nesse caso podem deixar umas casquinhas e o sacana que se desenrasque.

Retirem a gema para uma taça e coloquem um pouco de maionese e umas folhas de coentros picadas - porque no Halloween fica sempre bem comer coisas com pontinhos verdes que não sabemos bem o que são. Podem esmagar e misturar tudo com um garfo ou recorrer à varinha mágica se forem mesmo muito preguiçosos. Voltem a rechear cada metade do ovo com este preparado.

Depois cortem uma azeitona ao meio - para bem da nossa sanidade mental utilizámos azeitonas pretas já descaroçadas - e coloquem metade sobre a mistela anterior. A outra metade cortem às tirinhas e façam as patinhas das vossas aranhas. 

Como estávamos a utilizar delícias do mar para outras coisas, a minha mãe decidiu desfiar uma e colocar por cima, como teia de aranha. São estes detalhes que distinguem os homens dos meninos...


Espero ter-vos convencido a deitar mãos à obra este ano. 

Qual a vossa receita favorita?

6 comentários:

@way2themes