24/7



As últimas semanas têm sido de loucos e os últimos dois meses trouxeram tantos desafios e conquistas que tenho a sensação que passou um ano inteiro.
 
No final de fevereiro fui destacada para uma nova cidade e essa mudança obrigou-me a sair da minha casa e a abdicar da companhia diária da minha mãe e dos meus irmãos. Em menos de uma semana recebi a notícia que iria ter que me mudar, procurei casa, encontrei um quarto que me agradou, fiz as malas e comecei a trabalhar com uma nova equipa.
 
Março chegou e trouxe uma nova conquista profissional mas isso implicou muito estudo e preparação para uma certificação que, felizmente, foi bem sucedida. O feedback que tive deixou-me encantada pelo facto de todo o esforço, horas e dedicação terem sido reconhecidos.
 
Entre tantas mudanças na minha vida profissional seria interessante que a minha vida pessoal tivesse estado mais calma, para equilibrar a balança Teria sido interessante, de facto, mas a verdade é que foi tudo menos calma.
 
Para além dos desafios profissionais, a minha pós-graduação estava na reta final e foi altura de entregar e defender o trabalho final do curso. Correu bem, mas poderia ter corrido melhor. No entanto terminei com a sensação de dever cumprido e uma grande satisfação por mais uma conquista.
 
No meio de toda esta loucura continuo com o meu trabalho de voluntariado, uma instituição para gerir, uma equipa para apoiar e crianças que precisam tanto de mim quanto eu preciso delas.
 
A par de tudo isso continuo a tentar multiplicar as horas do fim de semana. Tanto pela quantidade de trabalho que tenho para fazer mas, principalmente, para tentar aproveitar cada segundo com as pessoas que mais amo.
 
Estas últimas semanas testaram-me praticamente até ao limite e nunca pensei vencer em todas as frentes de batalhas, mas venci. Mais uma vez a vida mostrou-me que com a determinação e organização adequada conseguimos fazer o impensável e ultrapassar o nosso maior adversário: nós próprios.
 
Não vou ser hipócrita: deixei coisas pendentes e, neste caso, o blogue e os meus hobbies acabaram por ser um pouco sacrificados. Mas valeu a pena! Agora a continuar a lutar, seguir em frente e tentar agilizar ainda mais a minha agenda para conseguir dedicar-me ao blogue e a todos os pequenos projetos que tenho em mente.
 
E vocês, como estão?
 

Comentários

  1. Há sempre coisas que, inevitavelmente, ficam para segundo plano, por maior que seja a nossa organização e gestão. Mas fico mesmo feliz por todas as tuas conquistas. Mereces :D

    ResponderEliminar

Enviar um comentário