Avançar para o conteúdo principal

Mais 3 Séries Que Tens MESMO Que Ver

A verdade é que adoro séries! E, na maioria das vezes, prefiro-as a qualquer filme. Já partilhei convosco três séries que me marcaram bastante e que são, a meu ver, fantásticas, cada uma à sua maneira. E agora sugiro mais três.






Resultado de imagem para the big bang theory
1. The Big Bang Theory



Sheldon, Howard, Raj e Leonard. Quatro amigos que dividem o seu tempo tempo entre a universidade em que trabalham, comic cons e banda desenhada, vêm a sua vida  virada do avesso quando a bela Penny se muda para o apartamento ao lado de Sheldon e Leonard.

Os conhecimentos científicos do grupo são indescritíveis, assim com a sua falta de capacidade para qualquer simples interação social. E Penny é exatamente o oposto mas, naturalmente, acaba por encaixar e enriquecer o grupo. Tal com Amy e Bernardette, que surgem mais tarde.

Os episódios são curtos - com cerca de vinte minutos - e passam num piscar de olhos, deixando sempre a vontade de ver mais um e continuar a acompanhar as aventuras deste grupo hilariante.

Acompanhei esta série desde o início - no longínquo 2007 - e é com tristeza com que, com a décima segunda temporada, vejo este ciclo chegar ao fim. Mal posso esperar pela última temporada.


Resultado de imagem para la casa de papel
2. La Casa de Papel

La Casa de Papel foi uma das séries que conquistou o mundo de rajada. E eu resisti. Até que a minha mãe despachou a série num fim de semana e dedicou-se a saltitar pela casa e a gritar aos sete ventos que era uma das melhores séries de todos os tempos. E eu, como filha obediente que sou, entrei no NETFLIX e cliquei no play.

Ainda não terminei a primeira temporada mas, ou muito me engano, ou temos aqui uma série genial!

O Professor reúne um grupo de criminosos que nunca se conheceram para realizar o maior assalto da História. 

E, ao contar mais, estaria a revelar todos os detalhes únicos e imprevisíveis que vocês vão descobrir ao longo da História.














Resultado de imagem para lucifer
3. Lucifer

Todos somos, desde pequenos, ensinados a temer o Diabo e a associá-lo a tudo o que é mau e desprezível. Mas… E se a história não for bem assim?

Lucifer, entediado e infeliz, abandonou o Inferno e decidiu passar férias em Los Angeles. Ignorando completamento o castigo do seu Pai, Lucifer vive feliz e divide-se entre o seu bar e as dezenas de mulheres que se atiram a seus pés. Isto até conhecer a detetive Decker e passar a trabalhar como parceiro não-oficial da detetive.

A série é divertida e foge completamente a qualquer um dos modelos pré-formatos que parecem existir atualmente. É uma série leve e divertida que viu a sua existência comprometida quando foi cancelada pela FOX após duas temporadas. Felizmente para mim, a NETFLIX ouviu os protestos dos fãs e continuou com a série que vai já para a sua quarta temporada.


Comentários

  1. Também sou mais de séries do que filmes :p
    Adoro as duas primeiras! Lucifer ainda não tive oportunidade de ver, mas já me falaram muito bem

    ResponderEliminar
  2. eu adoro a série lucifer, ele é muito engraçado e giro! :D as outras por acaso nunca vi :P
    também gosto muito de How I Met Your Mother e Breaking Bad, aconselho!
    beijinhos :) https://ratsonthemoon.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  3. Comecei a ver TBBT e não consigo... Parece-me demasiado aborrecida. A casa de papel vi tudo e já ouvi falar bem de Lucifer. Talvez seja desta que eu começo a ver.

    ResponderEliminar
  4. A única que vejo é a The Big Bang Theory e, apesar de gostar mt da série, acho que a 12ª temporada já vem em boa hora para acabar com a série. Começa a ser muito prolongado, eles são mt engraçados e não queremos que percam a piada!

    ResponderEliminar
  5. Só vejo a primeira, a última nunca ouvi falar e a segunda é tão falada e toda a gente vê, que ainda não me deu para ver.

    ResponderEliminar
  6. Vejo a primeira há 11 anos, estou à espera que comece a season 12. A segunda ainda não consegui arranjar para ver. Espero que seja possível em breve :) A terceira não conhecia, vou procurar.
    Obrigada
    Beijinho

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Relacionamentos: É Amor ou Comodismo?

"O amor é a base de qualquer relacionamento."
Existem algumas certezas que sempre me acompanharam durante o meu crescimento. 
Uma delas, talvez uma daquelas em que acreditava com mais tenacidade, era que todos os relacionamentos se baseavam em amor.
Depois cresci, não muito confesso. Continuo a manter uma certa ingenuidade e a guardar com carinho muitos dos meus sonhos de menina mas, inevitavelmente, a vida acontece, e o mundo que inicialmente era a preto e branco, começa a ganhar diversos tons de cinza.
E, com muita tristeza minha, apercebi-me que a grande parte dos relacionamentos não tem por base o amor mas sim o comodismo. Quando ficamos por hábito, por não querer admitir que não resultou, por medo do desconhecido ou, simplesmente, porque não temos coragem de abrir o nosso coração ao desconhecido e tentar outra vez.
Existem avisos, sempre, mesmo quando queremos negar ou preferimos não encarar a dura verdade. Quando os gestos de carinho são inexistentes. Quando qualquer moment…

Mais de 1500.

Imagem de Deathtostock
Mais de 1500 publicações, 1507 se quisermos levar a precisão ao extremo. Mais de 1500 opiniões, parvoíces, textos, frases, imagens e idiotices.
Não posso dizer que estou surpreendida pelo número de publicações visto que, quando criei este blogue fi-lo com o objetivo de criar algo duradouro, algo que me acompanhasse, crescesse e evoluísse comigo. O que me surpreende são vocês. Vocês, que começaram a ler e gostaram. Vocês, que despendem de um pouco do vosso dia para apoiar, criticar ou dar a vossa opinião. Vocês, que continuam a voltar dia após dia mesmo quando as actualizações são raras. A todos vocês muito obrigado.

Decisões de Menina Crescida.

Tenho a oportunidade de me envolver numa empresa que me irá dar alguma estabilidade e, a longo prazo, uma carreira profissional sólida. No entanto é necessário realizar um investimento inicial que, neste caso, iria envolver todas as minhas economias. 
A verdade é que tenho algum receio. O que para a maioria das pessoas envolvidas no negócio pode ser um valor insignificante, para mim abrange praticamente a totalidade do capital que tenho disponível e não consigo deixar de me sentir insegura e algo ansiosa. Detesto a sensação de ficar financeiramente desprotegida, ainda que por pouco tempo.
Tenho que tomar uma decisão até dia 25 e espero decidir pelo melhor mas, muito honestamente, não faço a menor ideia do que devo fazer.