Abril 2018 - Perfeitamente Imperfeito

terça-feira, 24 de abril de 2018

DE CARA LAVADA
abril 24, 2018 5 Comments
Uma das coisas que mais me preocupa no blogue - para além do seu conteúdo - é o design. Sou uma nulidade em programação portanto, criar algo completamente personalizado e à minha medida está, por agora, fora de questão. 

No entanto, quero, como qualquer blogger, que este espaço seja visualmente atrativo. Afinal, os olhos também comem. Mas, mais do que ser atrativo, quero que o seu design também transmita um pouco do meu gosto pessoal e de quem eu sou.

Depois de muitas pesquisas frustrantes e infrutíferas, encontrei o Waverly da Way2Themes e não tive qualquer dúvida de que seria este o tema que me iria acompanhar nos próximos tempos.

Faltam todas as personalizações necessárias para que o blogue fique completamente funcional e "mais meu" mas, por agora, estou muito satisfeita com a minha escolha. 

E vocês, o que acharam?

Fotografia de Arnel Hasanovic

Reading Time:

quarta-feira, 18 de abril de 2018

abril 18, 2018 8 Comments
A bright blue neon on a wall reads “Work harder”

Dias como os de hoje, que começam às cinco da manhã e apenas terminam à meia noite, estão a tornar-se cada vez mais frequentes. E a dar cabo de mim...
Reading Time:

terça-feira, 17 de abril de 2018

TOMMY MEL'S [Madrid, Espanha]
abril 17, 2018 3 Comments
Na nossa primeira noite em Madrid, apesar de já termos chegado um pouco tarde, decidimos ignorar o convidativo chamar da cama e conhecer o pouco da cidade que nos iria acolher nos próximos dias. 

Optámos por deixar o carro na garagem e entrámos no autocarro que nos levou às Puertas del Sol. 

Já nas Puertas del Sol tivemos o primeiro contacto com a cidade. Uma cidade cheia, alegre e vibrante. Depois de nos deixarmos inundar pela animação da praça, começamos a ouvir também os roncos das nossas barrigas.

Com por magia, aparece uma rapariga a distribuir folhetos Tommy Mel's. Nenhum de nos conhecia o espaço mas as imagens das sanduíches eram deliciosos. Depois de uma breve hesitação, decidimos arriscar.


O espaço, que privilegia os tons turquesa e branco, representa perfeitamente os típicos dinners americanos dos anos 50. O espaço tinha tudo para conquistar no entanto, olhando mais atentamente, eram visíveis alguns sinais de desgaste, principalmente nos bancos.

 
Para começar, pedimos umas batatas com molho de queijo e bacon, uma das nossas combinações favoritas. 

As expetativas eram elevadas, no entanto a desilusão foi grande. As batatas estavam ressequidas. O bacon estava praticamente queimado. E o molho de queijo não era suficientemente bom para salvar o prato.



Contrariamente ao que aconteceu com as batatas, as sanduíches eram deliciosas! Pedimos duas sanduíches, uma de frango e uma de rosbife, para partilhar. Ambas acompanhadas por batatas fritas e o molho. 

Os ingredientes - tanto a carne, como os legumes - eram de qualidade e em quantidade abundante. E, quem me conhece, sabe bem o quanto eu valorizo uma sanduíche bem recheada. 

Considerando o preço pago - mais de 30 euros - e a desgraça que foi a entrada, acho um pouco elevado. Não é um local que tenha conquistado o meu coração ou que me faça suspirar para voltar.
Reading Time:
PROJETO DO MÊS DE ABRIL
abril 17, 2018 8 Comments

No seguimento da minha iniciativa O Projeto do Mês, venho partilhar convosco o projeto do mês de Abril. Sim, eu sei que metade do mês já passou mas, em vez de adiar, resolvi avançar. Afinal, foi precisamente por isso que criei esta iniciativa. O Projeto do Mês foi criado para me fazer agir, para me motivar, para me fazer concretizar mais e, por isso, não tinha sentido adiar.

Honestamente não me recordo se já partilhei isto convosco mas, em Janeiro, recebi uma prenda de Natal fora de horas que se tornou uma das melhores prendas de sempre. A minha mãe - que só assim por acaso é a melhor do mundo! - ofereceu-me um Curso Profissional de Fotografia!

A minha felicidade ultrapassou todo e qualquer limite! E o sentimento de culpa por a minha mãe ter gasto aquele dinheiro comigo, foi aliviado quando descobri que ela conseguiu aproveitar um desconto de 50% no valor total de curso. Fotografia, Formação e Promoções. Três palavras mágicas para os meus ouvidos. 

O curso é em regime e-learning e adapta-se facilmente ao estilo de vida e quotidiano de cada aluno visto que não é estabelecido qualquer prazo para a realização dos módulos. A única condição é que o curso e o portfólio têm de ser concluídos no prazo de um ano, sendo que, posteriormente, pode ser solicitada uma extensão desse prazo por um valor adicional. 

Se por um lado a flexibilidade é uma vantagem, por outro é um inconveniente. A verdade é que entre o meu trabalho, a instituição, o curso de gestão e todos os compromissos e tarefas inerentes à nossa existência, o curso continua exatamente como a minha mãe me ofereceu. Sim, estamos em Abril e, para minha vergonha, ainda nenhum módulo foi concluído. E, já que estamos a ser sinceros, a verdade é que ainda nenhum módulo foi iniciado! 

Não quero, de todo, ter que solicitar uma extensão do prazo e ter custos adicionais. Um ano parece-me um período temporal perfeitamente razoável e, até Dezembro deste ano, o curso tem de ser concluído. Para este mês o meu objetivo é concluir o primeiro módulo e iniciar o segundo.

E vocês, é desta que vão arriscar e definir o vosso projeto do mês?


Reading Time:

sábado, 14 de abril de 2018

terça-feira, 10 de abril de 2018

MONTADITOS SALDANHA [Lisboa, Portugal]
abril 10, 2018 6 Comments

As idas à capital são, sempre que possível, sinónimo de novas descobertas gastronómicas. Adoro descobrir novos espaços, fotografá-los e experimentar comidas deliciosas. E, quase sempre, irritar todos os esfomeados que estão à mesa ao fazê-los esperar enquanto fotografo a comida.

Desta vez a sugestão foi do João - que é só assim o melhor amigo que alguém poderia ter. E o espaço escolhido foi o restaurante Montaditos, no Saldanha. 

Por ser domingo, usufruímos da promoção em que a maioria dos montaditos e das entradas variam entre um e dois euros.



O conceito do espaço é agradável e a organização inteligente. Em cada mesa vão encontrar um suporte preto com algumas folhas de papel e uma caneta. É neste papel que vão fazer o vosso pedido. 

Com a ajuda do menu, anotam o número de cada montadito e a quantidade que pretendem. Eu aconselho a optarem pela diversidade e não pela quantidade. Afinal, estes locais são ideias para arriscar e experimentar novos sabores.

Além dos montaditos, devem anotar também os aperitivos, batatas ou tapas, e bebidas.



Depois de concluírem a parte administrativa, levantam o vosso real traseiro e entregam o papel na caixa. Lá, vão perguntar-vos o vosso nome, e posteriormente vão ser chamados para recolher o vosso pedido.

Um dos pontos de entretenimento da casa, e que provoca gargalhadas na maioria das mesas, são os nomes ditos por algumas pessoas. Não é invulgar ouvirem chamar o Cristiano Ronaldo e o Brad Pitt. E se tiverem mesmo muita sorte, como eu tive, podem mesmo ouvir chamar pela Abundância do Presépio. A vossa criatividade é o limite.





Para começar, resolvemos emporcalhar-nos com uns crocantes de frango, umas batatas com molho de queijo cheddar e bacon, e nachos com molho de queijo cheddar e guacamole.

E, caso optem por estas entradas, vão descobrir três regras de vida essenciais:

  1. Os crocantes de frango dão dez a zero a qualquer nugget que já tenham comido. 
  2. Devia existir uma lei que garantisse que todas as batatas fritas fossem servidas com molho de queijo cheddar e bacon. 
  3. Nachos com molho de queijo cheddar e guacamole são o aperitivo perfeito para qualquer momento da vossa vida.



Depois, seguiram-se com os montaditos. Todos diferentes. Os montaditos eram bons e a variedade de ingredientes era bastante satisfatória. O pão era estaladiço e criava uma boa base. Mas eu, forte adepto do conduto em excesso, achei que alguns dos montaditos poderiam ter mais recheio. 

Saímos todos satisfeitos. Tanto pela qualidade da comida. como pelo valor pago. Certamente que irei voltar. De preferência a uma quarta-feira ou a um domingo.

Reading Time:

terça-feira, 3 de abril de 2018

PIZZA A PEZZI [Lisboa, Portugal]
abril 03, 2018 4 Comments
Por mais que tente fugir de rotinas e comportamentos pré-impostos que condicionem as minhas experiências e me mantenham aprisionada na minha zona de conforto, nem sempre é possível.

Existem tradições que associamos a determinados espaços e, para mim, o Mercado da Ribeira é sinónimo de petiscar e experimentar. 

Sempre que visito este faço faço questão de experimentar qualquer coisa diferente. E esta visita não foi exceção. Enquanto o Charming optou pelo seu amado hambúrguer de choco e salmão, eu resolvi experimentar a Pizza a Pezzi

A verdade é que não resisto a uma boa fatia de pizza, e a montra com ingredientes frescos piscou-me o olho. Como não conhecia o espaço resolvi optar por uma combinação simples: tomate, mozzarella e manjericão.

O que prometia ser uma experiência delicioso, tornou-se numa enorme deceção. Apesar de ter pedido para aquecer a pizza - e de o terem feito - a pizza continuava fria. O tomate parecia que nem tinha visto o forno e não existia um único ingrediente quente nesta fatia de pizza.

O preço - cerca de 3 euros -, tendo em conta a qualidade da pizza, não se justifica. 


A experiência não foi a mais positiva e, muito honestamente, não tenho qualquer desejo de regressar.

Pizza a Pezzi Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato




Reading Time:

@way2themes