Avançar para o conteúdo principal

SÉRIE | Lockup: Wabash Valley - Extended Stay

"Nenhuma cadeia é mais forte do que o seu elo mais fraco".
 -Arthur Conan Doyle


Um dos inquestionáveis benefícios do Netflix é a diversidade de programas disponível.

Netflix é sempre a minha opção quando me apetecer ver algo que não os meus programas ou séries habitais. Entre filmes, séries e documentários, existe sempre uma certeza: vou encontrar algo de extraordinário para ver. Foi assim que descobri Lockup: Wabash Valley - Extended Stay.

Resultado de imagem para Lockup wabash valley

Curiosamente, Wabash Valley, a prisão, apresenta uma população superior à da cidade em que se situa. Enquanto a pequena cidade de Carlisle conta com cerca de 1200 habitantes, os reclusos de Wabash Valley são cerca de 2000.

Durante vários meses a equipa de Lockup acompanhou o quotidiano de vários reclusos na Prisão de Wabash  Valley, no sudoeste do Indiana. A proximidade que a equipa de filmagens conseguiu estabelecer com os reclusos, e o facto de o estabelecimento prisional ter permitido que entregassem câmaras a alguns reclusos, dá-nos a conhecer o outro lado da moeda.

Para quem, como eu, está habituado à pena máxima portuguesa (25 anos) é chocante ver penas de 192 anos. Habituem-se. É uma prisão de segurança máxima, o tempo é contado em décadas, não em anos.

E preparem-se, vão conhecer pessoas que se arrependem genuinamente, pessoas que nunca vão sair de lá, pessoas que mereciam penas muito superiores e pessoas que fariam tudo novamente.

Resultado de imagem para Lockup wabash valley

Lockup não tem como objetivo criticar o sistema penal, nem acusar ou santificar os reclusos. Lockup: Wabash Valley - Extended Stay é apenas um documentário extraordinariamente bem conseguido que, pela seleção criteriosa de reclusos, consegue representar perfeitamente a diversidade de personalidades e pensamentos que existe naquele espaço confinado.

Uma coisa é inegável: existem sempre dois pontos de vista para a mesma história. E se por um lado senti pena de alguns reclusos e considerei as suas penas ridiculamente exageradas, por outro existem reclusos que perderam toda a humanidade e receberam penas reduzidas tento em conta os crimes bárbaros que cometeram.

Lockup tornou-se num dos meus programas favoritos e é de visualização obrigatória para quem se preocupa com o nosso Mundo e consegue ver para além do seu próprio umbigo.

Já alguém conhece Lockup: Wabash Valley - Extended Stay? O que acharam?

Comentários

  1. Não conhecia, mas parece-me extremamente interessante, analisando o que tu nos contas aqui... sou capaz de ir pesquisar mais sobre o assunto...
    http://sunflowers-in-the-wind.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Nunca tinha ouvido falar! Mas a minha cultura de séries também é bastante fraca :/

    ResponderEliminar
  3. Não conhecia e fiquei super curiosa, a premissa é excelente *.*

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Relacionamentos: É Amor ou Comodismo?

"O amor é a base de qualquer relacionamento." Existem algumas certezas que sempre me acompanharam durante o meu crescimento.  Uma delas, talvez uma daquelas em que acreditava com mais tenacidade, era que todos os relacionamentos se baseavam em amor. Depois cresci, não muito confesso. Continuo a manter uma certa ingenuidade e a guardar com carinho muitos dos meus sonhos de menina mas, inevitavelmente, a vida acontece, e o mundo que inicialmente era a preto e branco, começa a ganhar diversos tons de cinza. E, com muita tristeza minha, apercebi-me que a grande parte dos relacionamentos não tem por base o amor mas sim o comodismo. Quando ficamos por hábito, por não querer admitir que não resultou, por medo do desconhecido ou, simplesmente, porque não temos coragem de abrir o nosso coração ao desconhecido e tentar outra vez. Existem avisos, sempre, mesmo quando queremos negar ou preferimos não encarar a dura verdade.  Quando os gestos de carinho são inexistentes. Quando qualquer m

Mais de 1500.

Imagem de Deathtostock Mais de 1500 publicações, 1507 se quisermos levar a precisão ao extremo. Mais de 1500 opiniões, parvoíces, textos, frases, imagens e idiotices. Não posso dizer que estou surpreendida pelo número de publicações visto que, quando criei este blogue fi-lo com o objetivo de criar algo duradouro, algo que me acompanhasse, crescesse e evoluísse comigo. O que me surpreende são vocês. Vocês, que começaram a ler e gostaram. Vocês, que despendem de um pouco do vosso dia para apoiar, criticar ou dar a vossa opinião. Vocês, que continuam a voltar dia após dia mesmo quando as actualizações são raras. A todos vocês muito obrigado.

Decisões de Menina Crescida.

Tenho a oportunidade de me envolver numa empresa que me irá dar alguma estabilidade e, a longo prazo, uma carreira profissional sólida. No entanto é necessário realizar um investimento inicial que, neste caso, iria envolver todas as minhas economias.  A verdade é que tenho algum receio. O que para a maioria das pessoas envolvidas no negócio pode ser um valor insignificante, para mim abrange praticamente a totalidade do capital que tenho disponível e não consigo deixar de me sentir insegura e algo ansiosa. Detesto a sensação de ficar financeiramente desprotegida, ainda que por pouco tempo. Tenho que tomar uma decisão até dia 25 e espero decidir pelo melhor mas, muito honestamente, não faço a menor ideia do que devo fazer.