Avançar para o conteúdo principal

OSCARS | Hidden Figures [2016]


Pertinente. Se tivesse que escolher apenas uma palavra para descrever Hidden Figures seria: pertinente. Numa altura em que líderes mundiais - e os milhões de indivíduos que os apoiam cegamente - apoiam o racismo, a discriminação e a construção de muros, Hidden Figures é uma pequena recordação do que o nosso mundo já foi e, infelizmente, do que poderá vir a ser.

A história desenrola-se na década de 60, nos Estados Unidos da América, numa altura em que a desigualdade entre pretos e brancos era algo abismável. Bibliotecas separadas, casas de banho separadas, cargos inferiores às suas habilidades e ordenados vergonhosos. 

Katherine Johnson, Dorothy Vaughn e Mary Jackson trabalham na NASA. Num edifício meio escondido, numa sala com condições mínimas mas, ainda assim, na NASA. Três mulheres inteligentes e dedicadas que foram cruciais para que os Estados Unidos da América fossem os vencedores da corrida Espaço mas que, ainda assim, dificilmente veriam o seu contributo a ser justamente reconhecido.

Um filme que consegue estimular a nossa sensibilidade e reflexão sem tragédia e violência fácil. Mais do que um bom filme e um justo nomeado para os cobiçados prémios da Academia, Hidden Figures é um aviso para os perigos que corremos se permitirmos que o nosso mundo, e a nossa Humanidade, volte atrás. 


Cabe a cada um de nós destruir os ridículos muros e substituí-los por belas pontes.

Comentários

  1. Pertinente — nem mais! Super bem escrita, esta tua reflexão. Aliás, expressaste exactamente o que senti quando vi o filme. E adorei o Hidden Figures, de coração. Elas estão todas lindas :)

    ResponderEliminar
  2. Quero muito muito ir ver!! Ando tão atrasada nos meus filmes, posha.

    Beijinho :) *

    ResponderEliminar
  3. Parece-me super interessante, mas não entendi uma coisa. É verídico?

    ResponderEliminar
  4. Tenho esse filme aqui guardado para ver desde que ouvi falar nele! Beijinhos*

    ResponderEliminar
  5. Já li excelentes críticas sobre este filme. E acho cada vez mais pertinente este tipo de abordagens em cinema. Gostava muito de o ver!

    ResponderEliminar
  6. Sinceramente não conhecia mas parece ser um excelente filme :)

    ResponderEliminar
  7. Tenho mesmo de ver, adoro a actriz do meio!

    ResponderEliminar
  8. Estou super curiosa para ver este filme :)

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Relacionamentos: É Amor ou Comodismo?

"O amor é a base de qualquer relacionamento." Existem algumas certezas que sempre me acompanharam durante o meu crescimento.  Uma delas, talvez uma daquelas em que acreditava com mais tenacidade, era que todos os relacionamentos se baseavam em amor. Depois cresci, não muito confesso. Continuo a manter uma certa ingenuidade e a guardar com carinho muitos dos meus sonhos de menina mas, inevitavelmente, a vida acontece, e o mundo que inicialmente era a preto e branco, começa a ganhar diversos tons de cinza. E, com muita tristeza minha, apercebi-me que a grande parte dos relacionamentos não tem por base o amor mas sim o comodismo. Quando ficamos por hábito, por não querer admitir que não resultou, por medo do desconhecido ou, simplesmente, porque não temos coragem de abrir o nosso coração ao desconhecido e tentar outra vez. Existem avisos, sempre, mesmo quando queremos negar ou preferimos não encarar a dura verdade.  Quando os gestos de carinho são inexistentes. Quando qualquer m

Mais de 1500.

Imagem de Deathtostock Mais de 1500 publicações, 1507 se quisermos levar a precisão ao extremo. Mais de 1500 opiniões, parvoíces, textos, frases, imagens e idiotices. Não posso dizer que estou surpreendida pelo número de publicações visto que, quando criei este blogue fi-lo com o objetivo de criar algo duradouro, algo que me acompanhasse, crescesse e evoluísse comigo. O que me surpreende são vocês. Vocês, que começaram a ler e gostaram. Vocês, que despendem de um pouco do vosso dia para apoiar, criticar ou dar a vossa opinião. Vocês, que continuam a voltar dia após dia mesmo quando as actualizações são raras. A todos vocês muito obrigado.

Decisões de Menina Crescida.

Tenho a oportunidade de me envolver numa empresa que me irá dar alguma estabilidade e, a longo prazo, uma carreira profissional sólida. No entanto é necessário realizar um investimento inicial que, neste caso, iria envolver todas as minhas economias.  A verdade é que tenho algum receio. O que para a maioria das pessoas envolvidas no negócio pode ser um valor insignificante, para mim abrange praticamente a totalidade do capital que tenho disponível e não consigo deixar de me sentir insegura e algo ansiosa. Detesto a sensação de ficar financeiramente desprotegida, ainda que por pouco tempo. Tenho que tomar uma decisão até dia 25 e espero decidir pelo melhor mas, muito honestamente, não faço a menor ideia do que devo fazer.