Avançar para o conteúdo principal

Lisboa, Portugal || FRANKIE Hot Dogs

Melhor Amiga: Apetece-me tanto ir jantar ao FRANKIE! Queres ir? (pediu ela com um olhar de esperança e carinha fofinha).

Eu: Não conheço. O que é que servem?

Melhor Amiga: Cachorros. É mesmo muito bom.

Eu: Hum... Pode ser...

Antes de avançar muito que fique já assente que não sou fã de cachorros quentes. Por norma como um durante as festas populares da minha cidade e fico logo despachada até ao próximo ano no entanto, ela estava tão entusiasmada que não tive como recusar.

Cheguei à porta do FRANKIE contente pelo jantar entre amigos mas algo desanimada com a perspectiva de, entre todas as opções disponíveis em Lisboa, ir jantar um cachorro quente. No entanto o meu leve desânimo desapareceu ainda antes de a porta se fechar atrás de mim. A fila era reduzido e fomos prontamente saudados por um funcionário que nos recebeu com simpatia e profissionalismo e nos entregou um menu para que pudéssemos escolher antes de chegar à caixa.


As opções são várias e tão convidativas que causam alguma indecisão no entanto acabei por optar pelo cachorro Caesar, umas estaladiças batatas fritas com ervas e dois molhos e ainda, para empurrar toda esta gordice, pedi uma magnífica limonada de morango. Gostei tanto que, quando voltei a segunda vez com o Charmig para que ele conhecesse este espaço, repeti o pedido. Sim, o meu pedido é a tralha de comida que podem ver na fotografia acima.




O Charming optou por um Chili Dog, batatas Frankie - porque eu queria mesmo experimentar -, Onion Rings - mais uma vez insistência minha - e um Corn Dog - mais uma vez, mea culpa.



Gostei dos Onio Rings mas confesso que o Corn Dog não me confessou. A massa é algo enjoativa e a salsicha faz-me pensar numa salsicha gigante saída directamente da lata. Ainda experimentei com os molhos que o acompanham mas nem assim. 


Ah, as batatas Frankie, uma pequena marivalha escondida em pleno Campo Grande. As batatas são exatamente as mesmas que acompanharam o meu Caesar no entanto estas contam com um molho de queijo e bacon como companhia. Tão boas que estou a salivar enquanto escrevo esta publicação.

Quanto às sobremesas, variam com o dia da semana e existem sempre duas por dia. Na minha primeira visita provei Oreo Love e Eton Mess e até quem se dizia não gostar de doces raspou o frasco. Na segunda visita o Charming não me acompanhou e provei apenas uma, Mousse de Lima e Manjericão. Com a mesma honestidade que vos digo que amei as duas primeiras também vos digo que detestei esta última. Tanto que o Charming fez questão de provar devido às minhas caretas e apelidou de "Sobremesa do Inferno".

O serviço é jovem e bastante simpático no entanto não esquecem a rapidez e profissionalismo. Assim que entrámos no FRANKIE ficámos com a ideia que somos amigos da casa pois somos bem tratados e cuidados durante toda a visita, seja a primeira ou a centésima - porque, acreditem em mim, se experimentarem, vão certamente voltar. 

É, sem sombra de dúvida, o melhor lugar para experimentar cachorros quentes com combinações improváveis mas deliciosas. 

Comentários

  1. ainda agora almocei e já estou com fome xD

    ResponderEliminar
  2. Wow, hotdogs também não são bem a minha cena, mas estes tem cá um aspeto!

    ResponderEliminar
  3. Ver esta publicação à hora de jantar é terrível. As fotografias deixaram-me a salivar haha! Já li umas quantas reviews do "Frankie's" e a tua só vem confirmar a opinião geral. Cada vez estou mais curioso para lá ir :)

    Ricardo, The Ghostly Walker.

    ResponderEliminar
  4. Essas batatinhas fritas estão a fazer-me água na boca :)

    ResponderEliminar
  5. Ui, eu ia AMAR ir a um sítio destes!!!

    ResponderEliminar
  6. Já fui, porque é ao lado da minha faculdade e apesar de bom não fiquei fã. Não gosto muito de salsicha fresca xD

    ResponderEliminar
  7. Para mim não porque não como carne, mas tem um aspecto mesmo muito bom! :)
    Bj S

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Mais de 1500.

Imagem de Deathtostock
Mais de 1500 publicações, 1507 se quisermos levar a precisão ao extremo. Mais de 1500 opiniões, parvoíces, textos, frases, imagens e idiotices.
Não posso dizer que estou surpreendida pelo número de publicações visto que, quando criei este blogue fi-lo com o objetivo de criar algo duradouro, algo que me acompanhasse, crescesse e evoluísse comigo. O que me surpreende são vocês. Vocês, que começaram a ler e gostaram. Vocês, que despendem de um pouco do vosso dia para apoiar, criticar ou dar a vossa opinião. Vocês, que continuam a voltar dia após dia mesmo quando as actualizações são raras. A todos vocês muito obrigado.

Relacionamentos: É Amor ou Comodismo?

"O amor é a base de qualquer relacionamento."
Existem algumas certezas que sempre me acompanharam durante o meu crescimento. 
Uma delas, talvez uma daquelas em que acreditava com mais tenacidade, era que todos os relacionamentos se baseavam em amor.
Depois cresci, não muito confesso. Continuo a manter uma certa ingenuidade e a guardar com carinho muitos dos meus sonhos de menina mas, inevitavelmente, a vida acontece, e o mundo que inicialmente era a preto e branco, começa a ganhar diversos tons de cinza.
E, com muita tristeza minha, apercebi-me que a grande parte dos relacionamentos não tem por base o amor mas sim o comodismo. Quando ficamos por hábito, por não querer admitir que não resultou, por medo do desconhecido ou, simplesmente, porque não temos coragem de abrir o nosso coração ao desconhecido e tentar outra vez.
Existem avisos, sempre, mesmo quando queremos negar ou preferimos não encarar a dura verdade. Quando os gestos de carinho são inexistentes. Quando qualquer moment…

Pensa Rápido #1

Se pudesses viajar para qualquer lugar do mundo, que lugar escolherias?
A minha resposta está na imagem!