Janeiro 2015 - Perfeitamente Imperfeito

sábado, 31 de janeiro de 2015

Desejos de Janeiro.
Conversas domésticas.
janeiro 31, 2015 6 Comments
"Eu com a tua idade já tinha uma filha."

Pensamento: "E ele tem um emprego, um carro, uma vida sem mentiras nem dramas, uma relação saudável e mais bondade no dedo mindinho do que tu no corpo inteiro sua cabra."
Realidade: Sorriso amarelo.
Reading Time:
Ronaldo, peço desculpa mas não resisti.

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Deixa as Palavras Voarem | Machismo
janeiro 30, 2015 3 Comments

"Machismo consiste num determinado conjunto de atitudes e ideias que coloca o sexo masculino em um patamar elevado da sociedade, subjugando o sexo feminino e não admitindo a igualdade de direitos para o homem e a mulher."

"Feminismo é um movimento social, filosófico e político que tem como objectivo direitos iguais e uma vivência humana por meio da libertação de patrões opressores."

Seguindo esta linha de pensamento pressupõe-se que todas as mulheres são inocentes e indefesas e que os homens são os únicos a serem brutos e idiotas. Não é assim. E as mulheres que agridem física e verbalmente elementos do sexo masculino? Também precisam que lutem pelos seus direitos e igualdade? E os homens que são agredidos ou abusados? Não merecem que ninguém lute por eles? 

Será que não estamos a contribuir ainda mais para a desigualdade de géneros ao atribuir significados tão dispares a termos que apenas deveriam distinguir o género a que se referem? Porquê lutar pelos direitos das mulheres? Porquê lutar pelos direitos dos homens? Seria tão mais fácil unir forças e lutar pelos direitos do ser humano.


Reading Time:
Culinária.
janeiro 30, 2015 8 Comments
Untitled

Adoro cozinhar no entanto sinto que ainda não vos consegui transmitir essa minha paixão através do blogue. Vou alterar a situação.
Reading Time:
O Filme da Semana - Rio 2
janeiro 30, 2015 4 Comments


Blue, Jade e os três pestinhas fofinhos ouvem rumores de que existem mais araras azuis na Amazónia e decidem ir à aventura, bem, para ser honesta a Jade decide, os meninos alinham e o Blue cede. E claro, os amigos decidem juntar-se à festa.

Este é um dos casos em que o segundo filme é melhor que o primeiro, se gostei do Rio então adorei a sequela. Um filme cheio de gargalhadas e situações caricatas mas que também aborda questões emocionas relevantes sobre o relacionamento entre duas pessoas - neste caso araras azuis - e a complexidade das relações familiares.
Um filme perfeito para ver em família.

Classificação Encantada: 7,7
Classificação IMDb: 6,4
Reading Time:

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Inocência.
janeiro 29, 2015 8 Comments
Inocência é abrir um pacote de pastilhas na presença de um grupo de pessoas e pensar que no fim vai sobrar alguma.
Yup.
Reading Time:
Apresento-vos o meu presidiário favorito...
Particularidades #23
janeiro 29, 2015 10 Comments
Tenho um fraquinho por cadernos. Não resisto a comprar cadernos giros que acabo por não usar para que se mantenham perfeitos e imaculados.

Books
Reading Time:

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Sabes que és (quase) adulta quando...
janeiro 28, 2015 9 Comments
(33) Tumblr

... não te lembras do último dia em que não tiveste absolutamente nada para fazer.
Reading Time:

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

(Outra vez) O reforço do guarda-roupa.
janeiro 27, 2015 8 Comments
Gosto do meu trabalho mas esta necessidade de ir sempre toda pipi anda a desgraçar a minha conta bancária. As peças que comprei no verão serviram o seu propósito mas, apesar de giras e adequadas, já estão arrumadinhos à espera que chegue o tempo quente e, com a chegada deste frio glacial, chegou também a necessidade de fazer uma maratona de compras intensiva em busca das peças de Inverno mais adoráveis e sofisticadas para virem laurear comigo para o banco. Fim do mês, por favor chega de pressa.

Reading Time:

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

domingo, 25 de janeiro de 2015

O melhor fim-de-semana.
janeiro 25, 2015 2 Comments
Por mais que me apetecesse ficar em casa na sexta-feira aperaltei-me toda e lá fui ao jantar de gala de um dos meus melhores amigos, afinal não é todos os dias que se é finalista de enfermagem, e ainda bem que o fiz. Revi os meus amores mais lindos e falamos durante horas como se estivéssemos estado juntos na noite anterior.

O sábado serviu para recuperar que isto de trabalhar uma semana inteira e ir para a farra não é fácil e hoje fui festa da boa novamente. Um dia com um almoço tardio, danças, conversas, brincadeiras e fotografias, jantar, algumas choradeira mas, acima de tudo, muita amizade.

Sinto-me feliz e extremamente abençoada por ter pessoas tão fabulosas na minha vida e por me proporcionarem estabilidade e segurança porque, por mais voltas que o mundo dê, há coisas que nunca mudam.

My funny | via Tumblr
Reading Time:
Com um beijinho para todos os machistas idiotas.

sábado, 24 de janeiro de 2015

Deixa as Palavras Voarem | Inverno, O Incompreendido.
janeiro 24, 20151 Comments

Por vezes surgem aquelas questões altamente filosóficas e de grande relevância para a humanidade, questões essas que nos obrigam a utilizar as nossas capacidades cognitivas ao extremo. Um bom exemplo disso é "Qual é a tua estação do ano favorita?".

Quando somos miúdos a resposta é tão certa como comer bifes com batatas fritas sempre que nos permitem e é, muitas vezes gritada a plenos pulmões e com um brilho no olhar. Verão! Pois está claro, que mais poderia ser? Mas crescemos e, eventualmente, percebemos que a vida não é feita de batatas fritas - que grande porra! - e que existe sempre alguém que não vai ficar satisfeito com a resposta dada, independentemente da questão, e, quase instantaneamente, vão torcer o nariz se ouvirem a resposta "Inverno".

"Ah... Inverno... Tens a certeza?" dizem eles com ar de pena, como se estivessem a dar uma última oportunidade para dar a resposta correcta enquanto olham do alto do seu pedestal para o pobre coitado que se atreveu a proferir tal afirmação. E, embora nos apeteça responder "Nãooooo, é a minha estação do ano mas não tenho a certeza" acabamos por proferir apenas um "sim..." pouco seguro e algo tímido.

Apesar de gostar de todas as estações do ano - vejam lá a atrevida que eu sou - tenho um carinho especial pelo Inverno. O pobre coitado é terrivelmente incompreendido e só lhe sabem reconhecer defeitos. 

Todos se lembram das mão geladas, dos lábios gretados, do esforço estóico que é preciso para abandonar o aconchego dos cobertores, do gelo que se forma no vidro dos carros - que invariavelmente é sempre mais quando estamos já atrasados -, da chuva que teima em cair sempre que nos esquecemos do guarda-chuva em casa e da maldita poça de água que poderia estar em qualquer lugar da rua mas acaba sempre debaixo dos nossos pés. A lista é interminável e é tudo verdade mas o Inverno não é só isso. São os serões à lareira, os fins-de-semana dedicados à preguiça, as chávenas de chocolate quente, as camisolas de malha, as golas fofinhas, as mantas felpudas, as chávenas de chá que nos aquecem as mãos e a alma, as manhãs na cama a ouvir a chuva cair, as maratonas de filmes, as pantufas divertidas, as sopas fumegantes, a noite mágica de Natal e, se tivermos mesmo sorte, neve. 

O Verão vai chegar mas entretanto não se esqueçam de aproveitar o Inverno.
Reading Time:

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Sabes que és (quase) adulta quando...
janeiro 23, 2015 20 Comments
... tens uma jantarada marcada com os teus amigos, seguida de uma festa brutal - isto tudo numa sexta-feira à noite - e só te apetece ficar em casa no meio dos cobertores.

add a caption
Reading Time:
Esta juventude está perdia.
janeiro 23, 2015 5 Comments
E-mails como extrelihah_cintilante, nerdlegolas, gatinahmaixsexy, super-fanny e outros que tais fazem-me questionar as capacidades mentais dos jovens de hoje em dia.
Reading Time:
O Filme da Semana - Iron Man.
janeiro 23, 2015 4 Comments

Tony Stark, um milionário presunçoso, mulherengo, inconsciente e completamente irresponsável que, por sinal, é um génio e pior, ele sabe, por isso não se inibe de fazer o que lhe dá na real telha. Após o seu rapto, e posterior cativeiro, no Afeganistão, Toni descobre que as tecnologias que desenvolve e armas que fabrica estão a ser usadas por terroristas e começa a implementar alterações que vão redireccionar o rumo das suas empresas e desagradar a muita gente.

De todos os super-heróis o Iron Man para mim sempre esteve no fundo da cadeia alimentar, a única coisa que o homem tinha de especial era um fato por amor de Deus! Com um fatinho todo apetrechado também eu. Mas enfim, fiquei rendida aos Vingadores portanto resolvi dar uma oportunidade ao Toni e não me arrependo. Se por um lado me apetece esbofetear o homem, por outro fico enternecida quando as atitudes dele começam a mudar - gradualmente que isto não pode ser tudo de uma vez - e o milionário pomposo começa a ficar um bocadinho - só um bocadinho - para trás para começar a dar lugar a um homem ligeiramente mais consciente e responsável.

Classificação Encantada: 8
Classificação IMDb: 7,9
Reading Time:

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Oferta irrecusável.
janeiro 21, 2015 8 Comments
Ofereço 5 mil euros à alma caridosa que for trabalhar por mim amanhã. Alguém interessado?
Reading Time:
E um murro nos cornos não?
janeiro 21, 2015 8 Comments
Pulseira eletrónica prejudica-me a confiança, diz violador

Em 1995, Darren Michael Costello violou uma menina de 14 anos. A menina enforcou-se pouco depois. Costello passou 15 anos na cadeia e agora, em liberdade, é monitorizado por um pulseira eletrónica no entanto, o Sr. Costello está desagradado com a situação e deseja que o tribunal lhe retire a pulseira porque não quer “que as pessoas façam perguntas quando emite sons”. 

Para além disso Costello afirma que o aparelho o faz sentir “desconfortável, paranóico, alterado e ansioso… porque toda a gente fica a saber coisas pessoais”, acrescentando ainda que lhe prejudica a “confiança”. Pois claro que sim meu bom senhor. Seja feita a sua vontade? E que mais deseja? Um emprego como segurança num parque infantil ou como auxiliar numa creche? Tudo para que o Sr. Costello não se sinta desconfortável.

O caso vai a tribunal em Fevereiro e espero sinceramente que o juiz se lembre da menina que não teve oportunidade de viver.

Notícia completa aqui.
Reading Time:

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Particularidades #22
janeiro 20, 2015 4 Comments
Untitled

Nunca lamento o dinheiro que gasto em viagens. Só lamento não puder gastar mais.
Reading Time:
Só pode ser estupidez.
janeiro 20, 2015 12 Comments
Todas as noites acho que posso ficar acordada "só mais um bocadinho". Todas as manhãs me arrependo. E todas as noites volto a fazer o mesmo. Só posso ser parva.

O que eu não dava agora por uma bela sesta...

.


Reading Time:

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Uma semana que tem tudo para ser perfeita.
janeiro 19, 2015 8 Comments
Hoje - Revenge e Jane, The Virgin (a minha mais recente aquisição)
Terça-feira - The Originals
Quarta-feira - Pretty Little Liars
Quinta-feira - Arrow
Sexta-feira - The Big Bang Theory, The Vampire Diaries e Dia de S. Receber.
Sábado - The Musketeers
Domingo - Dia da Preguiça.

E vocês, qual é a série que estão à espera que regresse?
Reading Time:
Oh Adam, o que foste tu fazer?
janeiro 19, 2015 14 Comments

Tentar papar os anjos todos da Victoria´s Secret eu até entendo, agora mergulhar a cabeça num balde de água oxigenada já está fora do meu alcance.


Que tal fazermos uma vaquinha para levar o Adam ao cabeleireiro? O rapaz não pode continuar a andar assim na rua.

Reading Time:

domingo, 18 de janeiro de 2015

A caminho dos Oscars - Melhor Canção Original
janeiro 18, 2015 5 Comments
Os nomeados:
"Everything Is Awesome" de The Lego Movie.
"Glory" de Selma.
"Grateful" de Beyond the Lights.
"I´m Not Gonna Miss You" de Glen Campbell... I´ll Be Me.
"Lost Stars" de Begin Again.

Para ouvirem basta clicarem no nome das músicas.

Em 2014, assim que vi a lista de nomeados nesta categoria, não tive qualquer dúvida de qual seria a canção vencedora. "Let It Go" do filme de animação Frozen era sem sombra de dúvida a que mais se destacava. 

Este ano a conversa é outra, já ouvi todas - mais do que uma vez - e ainda nenhuma fez pular o meu coração. Gosto da maioria mas falta-lhes aquele ingrediente especial. Por agora ainda não sei dizer qual a minha favorita mas aviso já que, para mim, "Everything Is Awesome" está fora da corrida.


Reading Time:
A caminhos dos Oscars 2015
janeiro 18, 2015 7 Comments
Este ano vou aprofundar os meus conhecimentos relativamente aos nomeados para os tão desejados Oscars. Parece que este vai ser o ano em que vou ter algo para comentar além das fatiotas.

Reading Time:
12 anos!? A sério?
janeiro 18, 2015 12 Comments
Faz-me confusão ver miúdas de 12 anos em bares e discotecas, principalmente com roupas que as fazem parecer autênticas prostitutas. Não consigo deixar de pensar como é que os pais das ditas crianças, porque é exactamente isso que elas são, permitem tais situações.

Party non stop
Reading Time:
O melhor do meu dia.
janeiro 18, 2015 5 Comments
Nada melhor do que horas e horas de gargalhadas depois de um jantar de família.

Paradise
Reading Time:

sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

O Filme da Semana - Begin Again.
janeiro 16, 2015 7 Comments

O encontro entre uma compositora-cantora com um produtor talentoso mas na desgraça e com problemas com o álcool, com tudo para dar errado mas, de alguma forma, acaba por originar um álbum diferente e cheio de potencial.

Vê-se. Não amei, mas também não detestei. Esperava mais, principalmente do final, mas gostei. Um filme leve, bom para aquelas tardes de domingo em que tudo o que apetece fazer é ficar enroladinho sofá debaixo de mantas fofinhas.

Classificação Encantada: 6
Classicação IMDb: 7,5

Reading Time:
M-E-D-O!
janeiro 16, 2015 3 Comments
Hoje é dia de pesagem e, coincidência das coincidências, o meu tio diz que vai matar um porco amanhã. Oi? Estou a ficar com medo.
Reading Time:

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Deixa as Palavras Voarem | Objectivos
janeiro 15, 2015 3 Comments

Com o espírito renovado pela possibilidade de um recomeço o início de um novo ano implica, para uma grande maioria, a criação de uma lista interminável de objectivos e projectos a realizar. Nessa altura tudo parece possível, a força de vontade é mais que muita e a caneta escreve ferozmente todos os objectivos e sonhos à muito adiados. O difícil não é estabelecer objectivos. Qualquer crianças na escola primária vos consegue fazer uma lista extremamente detalhada de coisas que gostaria de fazer. Não, o difícil não é estabelecer objectivos, o difícil é mantê-los e, mais ainda realizá-los. 

Em alguns casos os sonhos acabam exactamente como as folhas em que foram escritos, esquecidos a um canto. Outros, ficam adiados, à espera de um momento mais adequado que teima em não chegar e a lista, escrita com tanta esperança e desejo de mudança, permanece inalterada, sem riscos, datas ou fotografias que retratem o realizar de uma etapa e a concretização de um sonho. Outros, os grandes felizardos, chegam mesmo a realizar alguns dos seus projectos e olham para a lista com orgulho e um sorriso nos lábios. E temos ainda os menos afortunados, que lutam com unhas e dentes par dar vida os objectivos delineados mas, quando finalmente o conseguem, não sentem nem um milésimo da felicidade que esperavam sentir.

Os objectivos devem ser produtivos, devem ser mais uma razão para acordarmos de manhã com um sorriso no rosto e forças renovadas para enfrentar um novo dia, não devem ser estáticos ou permanecer inalterados só para nos contrariar. Os objectivos devem permitir-nos voar e não acorrentar-nos.

É normal que a lista mude e os sonhos se alterem. Nós mudamos a cada dia que passa porque não haveriam os nossos sonhos de mudar connosco? Mais importante que riscarmos itens de uma lista é realizar-mo-nos a nós próprios e esse é o único objectivo que se devem preocupar em manter e o único pelo qual devem lutar com todas as vossas forças para que seja realizado, um bocadinho todos os dias.

Reading Time:
Particularidades #21
janeiro 15, 2015 9 Comments
Food & Cake Escape

Adoro churros mas, mesmo que coma durante o ano, sabem sempre melhor durante a feira anual da minha cidade.
Reading Time:

quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Investir na formação.
janeiro 14, 2015 5 Comments
Num mundo altamente competitivo e em constante mudança não há nada mais sensato que investir em formação. Com esse lema em mente resolvi inscrever-me num grupo de pesquisa altamente qualificado que vai desenvolver uma pesquisa intensiva e pormenorizada até - esperamos nós - encontrar solução para um problema de considerável gravidade que atormenta seres humanos em todos os continentes.

Estou orgulhosa de pertencer a tal equipa e no fim espero conseguir à questão que circula nas bocas do mundo: "Quem foi o sacana que roubou as batatas fritas do meu pacote!?"

Reading Time:
30 Days TV Show Challenge #12
janeiro 14, 2015 6 Comments
Um episódio que viste mais do que cinco vezes

Acho que nunca vi nenhum episódio mais do que cinco vezes - pelo menos não me recordo - portanto optei por escolher uma cena que já vi mais - muito mais! - de cinco vezes.

Reading Time:

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Particularidades #21
janeiro 13, 2015 24 Comments
Este ano quero perder 23 quilos.

Quero voltar ao meu peso antigo e deste ano não passa. Não me sinto totalmente bem assim e só me cabe a mim mudar. Já o fiz uma vez portanto sei que vou conseguir fazê-lo uma segunda - e última - vez.

Untitled
Reading Time:
Balança parva e pessoas estúpidas.
janeiro 13, 2015 9 Comments
Queria comprar uma balança de casa-de-banho e, enquanto andava a vasculhar os corredores da Worten, deparei-me com uma que prometia leituras de percentagem de massa gorda, massa muscular, e todas essas coisas que por vezes é melhor nem sabermos, por apenas 19,99€. Como a mais barata era cerca de 13€ e a única coisa que dizia era o peso optei por levar a balança que prometia tudo e mais alguma coisa. Quando cheguei a casa a balança ora funcionava ora dava erro portanto resolvi ir devolvê-la, não ia ficar com um artigo que no primeiro dia já estava a dar problemas.

Já no Atendimento ao Cliente digo que quero devolver a balança e a cabra disfarçada de mulher que estava ao balcão "Então porquê? Não gostou do peso foi?". Sou invadida por um raiva exterminadora e, apesar de me imaginar a morder-lhe a jugular tal Simba quando luta com o Scar, consigo por um sorriso cínico na cara e dizer "Não querida, se estivesse insatisfeita com o peso vinha trocar o rabo e não a balança. É mesmo porque a balança não está a funcionar devidamente". Toca e embrulha, sua porca!
Reading Time:

segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Aproveitar todos os minutos.
janeiro 12, 2015 13 Comments
Actualmente dá-se mais importância às roupas catitas (ou não) que desfilam na passadeira vermelha do que propriamente ao nomeados e vencedores e eu, admito, sou uma dessas pessoas. Fazer o quê? Gosto mais de moda do que cinema por isso resolvi aproveitar a minha hora de almoço para cuscar as farpelas que por lá passaram e, sorte a minha, devo ter começado por ver o mais pavoroso de todos. 


Reading Time:
Uma boa semana para todos!

sábado, 10 de janeiro de 2015

Piggy Pops.
janeiro 10, 2015 24 Comments

E o que eu gosto dos novos Piggy Pops da Agatha Ruiz de la Prada para o Novo Banco? Acho que vou abrir 6 Contas Poupança para a minha irmã mais nova, só porque sim.
Reading Time:

sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

O melhor do meu dia.
janeiro 09, 2015 17 Comments
Ouvir a minha chefe dizer, pela terceira vez, que desempenho muito bem as minhas funções e que, de todas as pessoas que já acompanhou em início de carreira no Banco, eu me destaco pela positiva fez valer o meu dia. São comentários destes que fazem todo o stress, nervos e as horas extra valerem a pena.

Tumblr
Reading Time:
O Filme da Semana - Annabelle.
janeiro 09, 2015 9 Comments
Que fosse mais um cliché sobre uma boneca amaldiçoada e demoníaca eu ainda tolerava mas um filme de terror que não tem qualquer momento assustador já é demais. O problema pode ser meu. Sou demasiado exigente com filmes de terror mas este é mau demais no entanto vamos ter a continuação em 2015 e um spin-off. Mias uma vez, uma desgraça nunca vem só.


Classificação IMDb: 5,6
Classificação Encantada: 4
Reading Time:

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

O Bebé dos Saldos.
janeiro 08, 2015 9 Comments
Quando fui ver os manos Guedes o espectáculo de "O Quebra-Nozes no Gelo" aproveitar para dar uma voltinha no Campera e não resisti a esta beleza por 19,99€, mais barato do que o mesmo artigo na loja online. A fotografia não lhe faz justiça, é um dos casacos mais amorosos e fofinhos.
Reading Time:

quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Lamento.
janeiro 07, 2015 4 Comments
Não consigo, nem quero, entender o que leva alguém a cometar tais atrocidades. Nada justifica tais actos e é em situações como esta que questiono o verdadeiro significado da palavra humanidade, algo que, por definição, todos os seres humanos deviam possuir mas que parece faltar a muitos. Nada do que escrever vai fazer diferença mas não posso deixar de dizer que lamento todo o sofrimento, mágoa e desespero que tais actos desencadeiam. Não deveria acontecer. Simplesmente não deveria.

Je suis Charlie.
Reading Time:

segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Coisas da vida.
janeiro 05, 2015 12 Comments
Aqui a vossa amiga Tulipa saiu para ver "O Quebra Nozes no Gelo" e acaba agarrada aos manos Guedes. Ah vida boa!


Reading Time:

domingo, 4 de janeiro de 2015

Lei da Compensação.
Deixa as Palavras Voarem | Ano Novo.
janeiro 04, 2015 12 Comments
Temas de Janeiro

Ano novo, vida nova. Quantos de nós já ouvimos esta expressão? E melhor, quantos de nós já a utilizamos? Não aprecio muito o Ano Novo como festa, acho um tanto ou quanto sem sentido, no entanto aprecio a ideia do recomeço, a ideia de iniciar um livro em branco e a vontade de o tornar memorável. No entanto é apenas isso, uma ideia. Não temos realmente um livro em branco, não apagamos todo o que vivemos até à dada, mau ou bom. Não é realmente possível começar de novo. A nossa vida é um livro e não uma colectânea de volumes.

Não precisamos que chegue o dia 1 de Janeiro para realizar os nossos sonhos. Não precisamos do dia 1 de Janeiro para dar mais atenção à nossa família, nem para estudar mais e obter melhores resultados, nem para começar a praticar um desporto, nem para ler o livro que está a ganhar pó na prateleira à seis meses, nem para começar a cozinhar, nem para as gargalhadas com os amigos, nem para os banhos de espuma no fim de um dia exaustivo, nem para ver um filme a uma sexta-feira à noite mas, acima de tudo, não precisamos do dia 1 de Janeiro para sermos felizes.

Não precisamos, a verdade é essa, mas por vezes precisamos de sentir que temos uma segunda oportunidade. Precisamos de sentir que deixámos para trás um capítulo menos bom e que agora tudo vai ser melhor ou, na melhor das hipóteses, precisamos de celebrar um ano fabuloso, recheado de acontecimentos marcantes e pedir que o próximo ano seja tão bom como o que passou mas desejar secretamente que seja ainda melhor porque, se conseguimos tanto este ano, nada nos vai para no próximo. 

Afinal, pensandoo bem, talvez até goste do Ano Novo.
Reading Time:

sábado, 3 de janeiro de 2015

A verdade é esta.
janeiro 03, 2015 10 Comments
Não gosto do meu curso. Gostava de puder dizer o contrário mas infelizmente a realidade é esta, no entanto, por mais aborrecido que seja para mim, não vou desistir dele, principalmente quando me faltam apenas quatro cadeiras para terminar. 

Cosy
Reading Time:
Este só pode ser o melhor ano de todos!
janeiro 03, 2015 9 Comments
A minha pessoa está em abstenção de séries, não por vontade própria claro está - isso nunca vai acontecer - mas porque as minha séries favoritas insistem em fazer uma pausazita para o Natal, pausa essa que chega a durar três meses mas tudo bem. Continuo a ir ao site onde costumo ver os meus episódios com esperança que alguém tenha um súbito ataque de consciência e pare de me privar das minhas séries e a minha fé na humanidade foi hoje recompensada com a estreia da segunda temporada de "Os Mosqueteiros". Vou só ali refastelar-me e ver o que estes fofinhos têm andado a tramar e já volto.


SPOILER. SPOILER, SPOILER.

Alguém engravidou a rainha e, surpresa das surpresas, não foi o rei!
Reading Time:

sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

O Filme da Semana - Fury.
janeiro 02, 2015 8 Comments

Lá me rendi e resolvi ver o nome filme do Brad Pitt e devo dizer que foi o melhor que fiz. O filme, baseado na 2.ª Guerra Mundial, está muito bem estruturado e, tendo em conta os filmes do género, não é demasiado chocante. 

Essencialmente focado na parte militar o filme deixa claro que entre o branco e o preto existem milhares de tons de cinza. Não existe um lado totalmente bom nem um lado totalmente mau. O que fica perfeitamente claro é que a guerra, seja porque motivo for, nunca é justificável, cria miséria, medo e desespero, inevitavelmente pessoas inocentes vão ser magoadas e vidas vão ser arruinadas, e para quê? Milhares de vidas desperdiçadas por causa de um lunático.

Fiquei bastante satisfeita e é um filme que provavelmente vou voltar a ver - assim que conseguir convencer a minha mãe. 

Classificação IMDb: 7,9
Classificação Encantada: 8

Reading Time:

quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Começa bem.
janeiro 01, 2015 7 Comments
Hoje recebi um comentário da Adelisa M. a informar-me que foi a vencedora do desafio "Deixa as Palavras Voarem" com o tema "Família". Fiquei feliz e contente da minha vida a saltitar que nem uma criancinha, especialmente porque fui a vencedora no tema que mais significava para mim e com um texto ~sobre uma das pessoas mais importantes do meu mundo, a minha mãe. Se quiserem ler podem fazê-lo aqui.

Obrigada Adelisa M., por fazeres o meu ano começares com boas notícias.

Reading Time:

@way2themes