Desgraça das desgraças.

Descobrir que uma das séries da minha adolescência - e uma das minhas favoritas de sempre - originou um filme é fantástico, ou pelo menos seria, se eu não tivesse descoberto tal facto depois da meia-noite e não tivesse de me levantar cedo no dia seguinte. Oh, a quem quero eu enganar? Continua a ser fantástico, e só se vai tornar um bocadinho menos fantástico o despertador tocar amanhã.

Bora lá, Verónica!

Comentários

Publicar um comentário