Avançar para o conteúdo principal

A Analogia da Morte.

A Analogia da Morte é o primeiro livro de Miguel Alexandre Pereira. Não conheço o Miguel pessoalmente mas conheci um pouco da sua escrito e do seu trabalho através do seu blogue. Ainda não li o livro mas não o recomendava se não confiasse no trabalho do Miguel e só posso imaginar todas as horas de esforço, dedicação e trabalho que estão contidas nestas páginas. Ainda este mês vou encomendar o meu, podem fazer o mesmo na WOOK ou podem encomendá-lo ao próprio autor enviado um email para mapereira.encomendas@sapot.pt e aproveitam e pedem que venha logo com um autógrafo. Assim que ler o livro prometo que dou uma opinião mais pormenorizada, até lá deixo-vos a sinopse:

Numa Lisboa mergulhada pelo caos e corrupção, um estranho acontecimento surge. Vários criminosos da cidade começam a aparecer mortos com um corte no pescoço. Nas sombras, um assassino procura a justiça absoluta e está disposto a tudo para a conseguir. Para João Gonçalves, um aspirante a detective, esta é a altura certa para poder mostrar o seu valor. Enquanto isso, a equipa policial liderada pelo famoso Gonçalo Tavares procura avidamente alguma pista para dar cobro a essa situação. Numa investigação sem precedentes na capital portuguesa, todos procuram o criminoso, mas acabam mergulhados nos seus próprios fantasmas… Entretanto, Diogo Santos um importante professor e romancista vive atormentado por encontrar-se sozinho. A sua esperança vai renascer quando reencontra Cláudia Martins – o seu grande amor. A ambiciosa gestora quer subir na vida a todo o custo e não se importa de usar qualquer estratégia desde que os seus desejos sejam cumpridos. Mas será que ela desta vez vai demasiado longe? Num relato dinâmico e frontal, ‘A Analogia da Morte’ expõe os defeitos e os erros do ser humano.

analogia001.JPG

Comentários

  1. Eu gosto bastante da escrita dele no blog!
    r:E depois há aquela história de "ai não queres? então assinas o documento anti-praxe!", sim sim, que venham com isso. Exato, e apegar-se logo a essa pessoa..O assunto tem interesse, mas o meu interesse é sobre como eu vou nos estudos, não as outras pessoas.

    ResponderEliminar
  2. Oh minha nossa, muito obrigado pela divulgação. Nada melhor do que contar com este apoio, o post está perfeito! Adorei esta surpresa, a sério! Espero contar com a tua leitura e depois toca a dizer-me o que achaste! Se fores da zona de Lisboa estás mais que convidada para o lançamento (vou anunciar a data em breve) :)

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Relacionamentos: É Amor ou Comodismo?

"O amor é a base de qualquer relacionamento."
Existem algumas certezas que sempre me acompanharam durante o meu crescimento. 
Uma delas, talvez uma daquelas em que acreditava com mais tenacidade, era que todos os relacionamentos se baseavam em amor.
Depois cresci, não muito confesso. Continuo a manter uma certa ingenuidade e a guardar com carinho muitos dos meus sonhos de menina mas, inevitavelmente, a vida acontece, e o mundo que inicialmente era a preto e branco, começa a ganhar diversos tons de cinza.
E, com muita tristeza minha, apercebi-me que a grande parte dos relacionamentos não tem por base o amor mas sim o comodismo. Quando ficamos por hábito, por não querer admitir que não resultou, por medo do desconhecido ou, simplesmente, porque não temos coragem de abrir o nosso coração ao desconhecido e tentar outra vez.
Existem avisos, sempre, mesmo quando queremos negar ou preferimos não encarar a dura verdade. Quando os gestos de carinho são inexistentes. Quando qualquer moment…

Mais de 1500.

Imagem de Deathtostock
Mais de 1500 publicações, 1507 se quisermos levar a precisão ao extremo. Mais de 1500 opiniões, parvoíces, textos, frases, imagens e idiotices.
Não posso dizer que estou surpreendida pelo número de publicações visto que, quando criei este blogue fi-lo com o objetivo de criar algo duradouro, algo que me acompanhasse, crescesse e evoluísse comigo. O que me surpreende são vocês. Vocês, que começaram a ler e gostaram. Vocês, que despendem de um pouco do vosso dia para apoiar, criticar ou dar a vossa opinião. Vocês, que continuam a voltar dia após dia mesmo quando as actualizações são raras. A todos vocês muito obrigado.

Decisões de Menina Crescida.

Tenho a oportunidade de me envolver numa empresa que me irá dar alguma estabilidade e, a longo prazo, uma carreira profissional sólida. No entanto é necessário realizar um investimento inicial que, neste caso, iria envolver todas as minhas economias. 
A verdade é que tenho algum receio. O que para a maioria das pessoas envolvidas no negócio pode ser um valor insignificante, para mim abrange praticamente a totalidade do capital que tenho disponível e não consigo deixar de me sentir insegura e algo ansiosa. Detesto a sensação de ficar financeiramente desprotegida, ainda que por pouco tempo.
Tenho que tomar uma decisão até dia 25 e espero decidir pelo melhor mas, muito honestamente, não faço a menor ideia do que devo fazer.