Avançar para o conteúdo principal

Liebster Award #5

A querida da Catarina de My Favourite What If também me nomeou para o Liebster Award. O que é que eu posso pedir mais se tenho os leitores mais fofinhos do mundo? Mais nada pois claro. Muito obrigada minha querida, aqui ficam as minhas respostas:

1. O que mais gostas em ter um BLOG?
A possibilidade de puder falar sobre qualquer assunto sem qualquer limitação.

2. O que esperas alcançar com o teu blog?
O Ellie Saab ainda me vai mandar um vestido para eu fazer publicidade aqui no blogue. Agora a sério, ainda não pensei seriamente sobre isso e apesar da ideia que tive agora sobre o Ellie Saab, o meu principal objectivo é sentir-me bem e que quem visita o meu cantinho o faça com gosto.

3. Qual é a pior coisa no mundo?
A maldade.

4. Qual é a melhor coisa no mundo?
O amor.

5. Já concretizaste muitos dos teus sonhos?
Alguns. Sinceramente acho que devia ter um diário, a minha memória é péssima.

6. Tens um desejo. O que escolhes?
Todos os habitantes do mundo terão de viver felizes, em paz e com igualdade de direitos e deveres.

7. Qual é a coisa que mais gostas de fazer?
Ui, sou um mar de interesses. Gosto de ler, escrever, fotografar, estudar (parvo eu sei), ouvir música, ver séries, pintar, desenhar, costurar, tudo depende do momento e da minha disposição.

8. Qual foi o pior momento da tua vida?
Quando a minha avó materna faleceu. Era o pilar da nossa família e quando perdes tão repentinamente alguém que amamos e cm quem ainda contavas pelo menos durante mais uns 20 anos parece que o teu mundo fica virado ao contrário.

9. Achas que vais ficar na blogosfera para sempre?
A ideia é essa mas acho que vou morrer entretanto. Claro que se alguém tiver uma forma de viver para sempre e quiser partilhar eu prometo que fico.

10. O que é que a blogosfera já te ensinou?
Que não é necessário conhecer alguém para o apoiar ou deixar umas palavras carinhosas e que essas palavras podem fazer uma diferença brutal no dia de alguém.

11. O que gostavas de dizer mas que nunca disseste?
Quero ser escritora! A ideia de puder ser quem quiser, mesmo que apenas por momentos e através de tinta e papel, sempre me fascinou.

Comentários

  1. Gostei das tuas respostas eheh ainda me ri com a resposta à 9 ahah

    ResponderEliminar
  2. A resposta à pergunta 9 está priceless xD E também não me importava nada que o Elie Saab me vestisse para fazer publicidade :p

    ResponderEliminar
  3. Boa sorte para os estudos. Força para o teu último ano!
    Beijinhos,
    http://theinsideofvogue.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Amei mesmo :)
    Obrigada por teres respondido às perguntas :)

    E sei bem como é essa dor que falas na pergunta 8, infelizmente sei :(
    Mas muita força princesa !

    ResponderEliminar
  5. Partilho muito do que escreveste às perguntas 6 e 10.

    Eu só tenho os meus avós maternos e sei que vou sentir o mesmo quando um deles me faltar :( ainda por cima vejo a idade avançar (têm 84 anos) e dá me logo um nó na garganta :(. Connosco ou não fisicamente, são e serão sempre as nossas estrelinhas :)

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Mais de 1500.

Imagem de Deathtostock
Mais de 1500 publicações, 1507 se quisermos levar a precisão ao extremo. Mais de 1500 opiniões, parvoíces, textos, frases, imagens e idiotices.
Não posso dizer que estou surpreendida pelo número de publicações visto que, quando criei este blogue fi-lo com o objetivo de criar algo duradouro, algo que me acompanhasse, crescesse e evoluísse comigo. O que me surpreende são vocês. Vocês, que começaram a ler e gostaram. Vocês, que despendem de um pouco do vosso dia para apoiar, criticar ou dar a vossa opinião. Vocês, que continuam a voltar dia após dia mesmo quando as actualizações são raras. A todos vocês muito obrigado.

Relacionamentos: É Amor ou Comodismo?

"O amor é a base de qualquer relacionamento."
Existem algumas certezas que sempre me acompanharam durante o meu crescimento. 
Uma delas, talvez uma daquelas em que acreditava com mais tenacidade, era que todos os relacionamentos se baseavam em amor.
Depois cresci, não muito confesso. Continuo a manter uma certa ingenuidade e a guardar com carinho muitos dos meus sonhos de menina mas, inevitavelmente, a vida acontece, e o mundo que inicialmente era a preto e branco, começa a ganhar diversos tons de cinza.
E, com muita tristeza minha, apercebi-me que a grande parte dos relacionamentos não tem por base o amor mas sim o comodismo. Quando ficamos por hábito, por não querer admitir que não resultou, por medo do desconhecido ou, simplesmente, porque não temos coragem de abrir o nosso coração ao desconhecido e tentar outra vez.
Existem avisos, sempre, mesmo quando queremos negar ou preferimos não encarar a dura verdade. Quando os gestos de carinho são inexistentes. Quando qualquer moment…

Pensa Rápido #1

Se pudesses viajar para qualquer lugar do mundo, que lugar escolherias?
A minha resposta está na imagem!