ROAD TRIP 2018 || La Vita É Bella [Ronda, Espanha]

Depois de um almoço que deixou o Daniel feliz da vida e a mim tão mal disposta que vi a minha vidinha a andar para trás tal era a quantidade de gordura que os pratos tinham, foi a minha vez de escolher o local para jantar.

Depois de uma curta avaliação de mercada, decidi-me pelo número 5 da Calle Nueva, o La Vita É Bella. Afinal, não há como errar num restaurante italiano, certo?

Partilhámos uma salada com queijo de cabra e salmão fumado. Quem conhece o Daniel certamente está a fazer uma festa por saber que ele comeu uma salada nas férias… Ou em qualquer outra altura do ano para dizer a verdade. Para segundo prato escolhemos pizza e lasanha. A pizza veio, e bastante boa. Já a lasanha nunca chegou a aparecer. Voltámos a pedir, mas lasanha nem vê-la. O cansaço ganhou e acabámos por pedir a conta e vejam bem a nossa sorte: quando foi altura de comer, a lasanha não apareceu, mas quando chegou a conta lá vinha ela. 

O Daniel já deitava fumo pelas orelhas e quase que podia jurar que tinha um bocadinho de baba raivosa ali aos cantos da boca. Pedimos a retificação da conta e tudo se resolveu, após mais uns bons minutos de espera.

A verdade é que a comida estava bastante boa e o espaço era agradável mas a partir do momento em que chegou um grupo com cerca de vinte e cinco pessoas, a qualidade de atendimento diminuiu consideravelmente para os outros clientes e o tempo de espera multiplicou-se a olhos vistos. Mesmo tendo chegado e feito o pedido primeiro que o grupo, fomos servidos depois e com um prato em falta.

Não foi algo que nos impedisse de voltar (até porque entretanto já regressámos lá) mas marcou negativamente um jantar que tinha tudo para ser fantástico.




Mais sobre Ronda: Café Las Campanas || Granier  || Ronda Juices || Alameda Del Tajo || Ponte Nova  || Arco Filipe V


Mais sobre CórdobaLa Tata || 4 Estaciones || La Bicicleta

Comentários

  1. Essa situação é mesmo aborrecida, sobretudo, porque podia ter sido perfeitamente evitada :/

    ResponderEliminar
  2. Isso é terrível, acho que nunca me acontecer pedir algo que não veio...

    ResponderEliminar

Publicar um comentário