Avançar para o conteúdo principal

FOODIE || A Praça [Lisboa, Portugal]

Disse e repito: dias de formação intensivos têm de ser acompanhados de boa comida. Lamento, mas para uma pessoa prescindir do fim de semana, ser bombardeada de novos conceitos e aprendizagens e conseguir manter o foco de atenção ao nível de uma qualquer ave de rapina digna do nome, tem de existir alguma recompensa a meio do dia para manter a motivação. Ou então não, e sou eu que sou uma gordalhona de primeira. Provavelmente será essa a explicação mais lógica. 

Isto parece o "Era uma vez" aqui do blogue mas... "Depois de uma manhã de formação fomos procurar um sítio para almoçar". E com uma amiga algo esquisita no grupo - ainda a estou a educar, não me censurem - o período de almoço, já de si reduzido, estava a ficar perigosamente limitada. E eu, que já suava do traseiro só de pensar em ver a minha refeição passar-me ao lado, tive de meter ordem na casa e entrei no "A Praça". 

Quando me perguntaram se tinha reserva entrei logo em taquicardia. Explicaram-me que a única mesa que tinha vaga estava reservada para as duas horas e meia e já passava da uma e um quarto. Eu prometi que íamos reduzir o número de mastigadelas ao mínimo necessário e que não iria ter qualquer problema em cumprir o horário. E aquele anjo na Terra lá nos deu a possibilidade de irmos enfardar. 

Para partilhar um choco frito e uns peixinhos da horta - ambos deliciosos - acompanhados por uma dose mais que generosa de maionese que foi toda raspadinha do prato sem qualquer vergonha. 

Os pedidos dividiram-se mas nas fotografias podem ver o hambúrguer Factory - com queijo de cabra e compota de cebola roxa - e um lombo de bacalhau fresco em cama de brás. Ambos divinais. A minha carbonara - uma autêntica carbonara com ovo e bacon - estava igualmente deliciosa. Tão deliciosa que eu comi e não fotografei. 

O serviço foi impecável, a comida deliciosa e a companhia agradável. Que mais posso pedir? Só uma hora de almoço maior para puder apreciar com mais calma estas delícias que foram praticamente engolidas devido à limitação de tempo. Conto voltar em breve e, da próxima vez quero fazer uma exploração mais intensiva dos petiscos disponíveis.





A Praça Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

Comentários

  1. O espaço parece-me amoroso! Mais um para adicionar à lista :)

    ResponderEliminar
  2. Nunca ouvi falar mas a comida tinha bom aspeto e o sítio é muito giro! Mas Lisboa está repleta de sítios giros, não há carteira que aguente ahah

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Mais de 1500.

Imagem de Deathtostock
Mais de 1500 publicações, 1507 se quisermos levar a precisão ao extremo. Mais de 1500 opiniões, parvoíces, textos, frases, imagens e idiotices.
Não posso dizer que estou surpreendida pelo número de publicações visto que, quando criei este blogue fi-lo com o objetivo de criar algo duradouro, algo que me acompanhasse, crescesse e evoluísse comigo. O que me surpreende são vocês. Vocês, que começaram a ler e gostaram. Vocês, que despendem de um pouco do vosso dia para apoiar, criticar ou dar a vossa opinião. Vocês, que continuam a voltar dia após dia mesmo quando as actualizações são raras. A todos vocês muito obrigado.

Relacionamentos: É Amor ou Comodismo?

"O amor é a base de qualquer relacionamento."
Existem algumas certezas que sempre me acompanharam durante o meu crescimento. 
Uma delas, talvez uma daquelas em que acreditava com mais tenacidade, era que todos os relacionamentos se baseavam em amor.
Depois cresci, não muito confesso. Continuo a manter uma certa ingenuidade e a guardar com carinho muitos dos meus sonhos de menina mas, inevitavelmente, a vida acontece, e o mundo que inicialmente era a preto e branco, começa a ganhar diversos tons de cinza.
E, com muita tristeza minha, apercebi-me que a grande parte dos relacionamentos não tem por base o amor mas sim o comodismo. Quando ficamos por hábito, por não querer admitir que não resultou, por medo do desconhecido ou, simplesmente, porque não temos coragem de abrir o nosso coração ao desconhecido e tentar outra vez.
Existem avisos, sempre, mesmo quando queremos negar ou preferimos não encarar a dura verdade. Quando os gestos de carinho são inexistentes. Quando qualquer moment…

Pensa Rápido #1

Se pudesses viajar para qualquer lugar do mundo, que lugar escolherias?
A minha resposta está na imagem!