Janeiro 2019 - Perfeitamente Imperfeito

quarta-feira, 30 de janeiro de 2019

Apple Muffins
janeiro 30, 2019 4 Comments
2019 será - espero eu - um ano de mudanças graduais na minha alimentação e estilo de vida. Nos últimos anos o meu peso tem vindo a oscilar de forma completamente louca em dez anos passei dos 58kg para os 95kg. Parece louco que neste tempo tenha engordado quase quarenta quilos, mas é verdade. Em dez anos o meu peso quase que duplicou!
 
Felizmente não tenho nenhuma doença, nem estive grávida. Não tenho qualquer motivo que, aparentemente, justifique esta mudança senão o meu desleixo e falta de cuidado.
 
Quero mudar. Quero ver o ponteiro da balança a baixar. Quero voltar a vestir as minhas roupas. Quero não ficar a arfar depois de subir meia dúzia de escadas. Quero fazê-lo por mim, pela minha saúde e sim, também por razões estéticas.

Quero uma mudança que seja efetiva e permanente e, como tal, tenho apostado em pequenas mudanças e na procura de alternativas inteligentes. Foi quando tentava encontrar uma solução para combater aquela vontade extrema, que por vezes me ataca, de comer um docinho, que encontrei os Apple Muffins da Prozis.
 
Bolo de maçã e canela é só uma das minhas iguarias favoritas e, como tal, os Apple Muffins pareceram-me uma excelente aposta. Não conhecia e, como tal, tive algum receio de que não fossem saborosos, portanto encomendei uma caixa de duas unidades por 1,99€.
 
Hoje posso afirmar com toda a convicção que deveria ter encomendado mais dez caixas! São fofos e deliciosos e, com cerca de 100 calorias, são um bom substituto para aquela tablete de chocolate Milka ou para o jesuíta com creme. Ajudam realmente naquelas horas em que estávamos capazes de dar um rim em troca de um docinho e não abalam por completo a nossa luta por uma vida mais saúdavel.
 
Recomendo vivamente!
Reading Time:

segunda-feira, 28 de janeiro de 2019

Mexe A Bunda Que É Segunda!
janeiro 28, 2019 3 Comments
Fotografia de Anna Sullivan

 Duas dicas para uma semana de sucesso: bebé mais café - chá, no meu caso - e dá o teu melhor.

Boa semana!
Reading Time:

domingo, 27 de janeiro de 2019

janeiro 27, 2019 6 Comments
Fotografia de Ella Olson
 
Sabes que cresceste quando a tua manhã de domingo é passada a preparar os almoços da próxima semana.

Reading Time:

sábado, 26 de janeiro de 2019

TOP 2018 | Aquaman
janeiro 26, 2019 4 Comments
Resultado de imagem para aquaman
 
Arthur Curry, metade humano metade atlante, viu-se, desde bebé, privado da companhia de mãe devido às diferenças entre atlantes e humanos. Arthur cresceu e devido a Vulko, amigo da mãe, aprendeu alguns dos costumes e hábitos atlantes no entanto a sua vida passou-se, quase sempre, à superfície e longe de Atlântida.

Arthur é rei de Atlântida por direito mas, ao contrário do irmão mais novo, Orm, é algo que não deseja. No entanto, quando confrontado com a necessidade de salvar o mundo onde cresceu, Arthur, com o apoio de Mera e Vulko, parte à procura de um antigo tridente real que, segundo a lenda, pertence ao verdadeiro rei dos sete mares.

Aquaman foi, sem sombra de dúvida, umas maiores surpresas de 2018. Vi o trailer durante o momento publicitário que antecede o início dos filmes no cinema e, mesmo parecendo bom, talvez me tivesse passado ao lado se não fosse a insistência do Daniel.
 
Aquaman superou toda e qualquer expetativa e destacou-se, pela positiva, dos típicos filmes sobre super-heróis. Aquaman é, sem dúvida, a história de um herói - ainda que Arthur não se queira assumir como tal -  mas não se resume a isso. Aquaman é uma história de amor, uma história de família e uma história de coragem.

E vocês, qual a vossa opinião sobre o filme?

 
Reading Time:

sexta-feira, 25 de janeiro de 2019

janeiro 25, 2019 5 Comments
Fotografia de Daniel Salcius
 
 
Que vontade de baixar os braços e virar as costas…
 
Até quando vale a pena lutar por quem não merece o nosso esforço?
 
Reading Time:

quinta-feira, 24 de janeiro de 2019

Acabou...
janeiro 24, 2019 4 Comments
Para 2019 trouxe comigo um dos maiores problemas que já enfrentei a nível profissional. Algo que já se arrastava desde 2017 mas que chegou, finalmente, ao fim. E, honestamente, não sei o que sinto.
 
Sinto-me aliviada por ter finalmente chegado ao fim e não ter mais esta nuvem negra a pairar sobre a minha cabeça e a consumir grande parte da minha energia como se de um buraco negro se tratasse.
 
Considerei a opinião da maioria e, mesmo com todas as minhas dúvidas aceitei o acordo. Mas sinto-me frustrada porque, devido ao acordo que foi estabelecido, a instituição que dirijo vai ter que abrir os cordões à bolsa e pagar algo que, a meu ver, não deveria ser pago. Aliás, a meu ver deveria ser algo punido criminalmente porque, acima de qualquer outra coisa, as crianças devem ser protegidas.
 
Enquanto eu estou disposta a trabalhar a título gratuito pelo bem-estar das minhas crianças, existe alguém que mesmo com todos os erros que cometeu, vai levar um valor chorudo para casa. Valor esse que, para alguns, é apenas dinheiro. Para mim são paredes que vão ficar por pintar. Vidros rachados que vão ficar por substituir. Tapetes que não vão conhecer almofadas novas. Frigoríficos que vão ter que aguentar mais uns anos. Passeios que vão ficar por fazer. Um parque exterior que vai ficar por construir. E tantos outros sonhos em que tenho investido o meu tempo, o meu esforço e parte de mim.
 
Quero mais para aquelas crianças. Quero dar-lhes tudo o que conseguir e proporcionar-lhes tudo o que merecem. E, foi por isso mesmo que aceitei. Porque prefiro estar dois anos a pagar algo que não merece ser pago, do que correr o risco de ter que fechar as portas e privá-los do nosso apoio.
 
Não sei se decidi o melhor. Mas foi certamente o melhor que consegui decidir.
 
 
Reading Time:

quarta-feira, 23 de janeiro de 2019

Festival da Canção 2019
janeiro 23, 2019 5 Comments
Hoje, por mero acaso, descubro que os Calema lançaram uma nova música para o Festival da Canção 2019. As expetativas eram altas e, assim que carreguei no botão de play, apaixonei-me completamente.
 
Parabéns, meninos!
 

Reading Time:

terça-feira, 22 de janeiro de 2019

ROAD TRIP 2018 | Okiagari [Ronda, Espanha]
janeiro 22, 2019 2 Comments
Na nossa última manhã em Ronda, depois de um pequeno-almoço delicioso na Granier, decidimos tomar um pequeno-almoço calmo e passear sem destino pelo centro da cidade.
 
Aproveitámos para entrar nas lojas que nos chamaram a atenção e, como não podia deixar de ser, o Daniel começou a procurar um íman para o frigorífico da cidade de Ronda. Comprámos também algumas lembranças para a nossa família e, completamente por acaso, numa montra gigante, saltou-me à vista um artigo minúsculo: um Okiagari. 
 
Os Okiagari são, vim a saber, símbolo da persistência e esforço. E, devido à sua forma ovalada, regressam sempre à posição vertical. O lema desta coleção é: "Sete vezes no chão, oito vezes de pé".
 
E assim, sem procurar, o presente perfeito para a minha irmã encontrou-me e acompanhou-nos no resto da nossa viagem. E deixou um sorriso na cara de miúda que valeu cada cêntimo gasto.
 
Resultado de imagem para okiagari
 
 
 
Mais sobre a organização: O Destino Escolhido
 
 

 
Reading Time:

segunda-feira, 21 de janeiro de 2019

Mexe A Bunda Que É Segunda!
janeiro 21, 2019 3 Comments
Photo by Carl Heyerdahl on Unsplash

Diz que hoje é a Blue Monday, o dia mais triste do ano. Até pode ser, mas só se nós permitirmos que seja. Pela parte que me toca, vou fazer tudo para que seja o primeiro dia de uma semana genial.
 
Vamos a isso?
Reading Time:

terça-feira, 15 de janeiro de 2019

ROAD TRIP 2018 | Ponte Nova [Ronda, Espanha]
janeiro 15, 2019 6 Comments
Um dos locais que mais desejava ver durante esta road trip era a Ponte Nova de Ronda. A Ponte Nova é a mais recente e mais imponente das três pontes da cidade e os seus noventa e oito metro de altura deixam qualquer um sem palavras, perante a sua grandiosidade. A Ponte Nova é uma ponte simples e despretensiosa e, talvez por isso, tão maravilhosa.
 
Para além de estabelecer a ligação entre a parte mais antiga e mais moderna da cidade, a Ponta Nova é um símbolo incontornável da cidade e tornou-se o centro dos nossos dias em Ronda. Tanto pelas travessias diárias, como pela forma como nos conquistou.
 
Na primeira tarde fizemos questão de ver a Ponte Nova de vários ângulos. Lanchámos e jantámos com vista para a Ponte Nova. Atravessamos a Ponte Nova por diversas vezes. Visitamos a Ponte Nova ao amanhecer, durante o dia, ao entardecer e durante a noite. Estivemos no topo da Ponte Nova. Descemos o desfiladeiro e estivemos perto da base da Ponte Nova. Vimos a Ponte Nova mil e uma vezes e tirámos dezenas de fotografias. E, mesmo assim, mal posso esperar pelo dia em que vou regressar.
 
Reading Time:

segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

Mexe A Bunda Que É Segunda!

sábado, 12 de janeiro de 2019

quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

FOODIE | Leitaria [Lisboa, Portugal]
janeiro 10, 2019 6 Comments
 
A poucos minutos a pé da estação Cais do Sodré, Leitaria foi a minha escolha para um pequeno-almoço calmo, antes de rumar a Alcântara para enfrentar a azáfama que iria ser o meu dia.
 
Foram os brunch's e as tibornas que despertaram em mim o desejo de conhecer a Leitaria mas, nesta manhã, a minha escolha foram um sumo de morango natural e um parfait com granola caseira, iogurte e frutas frescas.
 
O parfait era realmente delicioso, sem açúcar adicionado, tal como o sumo. Se bem que este último não foi a minha escolha mais brilhante. A verdade é que, não sendo uma fruta da época, e não tendo açúcares adicionados, o sumo não estava tão saboroso quanto acredito que esteja na primavera e no verão.
 
Considerando toda a visita, saí satisfeita. Com o espaço, com o atendimento e com os produtos escolhidos, com a pequena ressalva do sumo que, realmente, foi tolice minha.
 
 

 
Leitaria Lisboa Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato
Reading Time:

quarta-feira, 9 de janeiro de 2019

Particularidades #120
janeiro 09, 2019 4 Comments
 
A ideia de ler dois, ou mais, livros em simultâneo é algo que para mim não faz sentido.
 
E vocês, leem um livro do inicio ao fim antes da passar para o próximo, ou fazem parte da espécie estranha que lê vários livros em simultâneo?
Reading Time:

terça-feira, 8 de janeiro de 2019

TOP 2018 | O Dia Em Que Me Despedi.
janeiro 08, 2019 4 Comments
 
Curiosamente, um dos momentos menos positivos de 2018 deu origem a um dos momentos mais positivos de 2018. Estranho? Nem por isso.
 
Comecemos pelo início. À alguns anos que trabalho por conta própria e a instabilidade profissional e imprevisibilidade de rendimentos sempre foram uma constante. Sempre continuei. Em parte porque gostava do que fazia e porque sou das tolas que confia num futuro melhor, mas a razão principal era porque desta forma conseguia conciliar o meu trabalho com o meu trabalho de voluntariado.
 
Em 2018, depois de muitas horas sem dormir e sem ver melhorias, comecei a pensar que talvez fosse altura de mandar a toalha ao chão. Principalmente quando compreendi o quanto a minha instabilidade profissional me deixava frustrada. E o quanto essa frustração implicava variações de humor e faltas de paciência para as pessoas que mais amo. Comecei a procurar, mas de forma muito vaga e sem grande persistência. A verdade é que um dos trabalhos que faço como voluntária é dos que mais me preenche e não queria abdicar da possibilidade de estar presente diariamente. Até um dia. O dia, na verdade.
 
No fatídico dia, Aquele Cujo Nome Não Deve Ser Pronunciado, foi presenteada com uma grandessíssima desilusão. Se bem que ainda me vejo dividida entre os termos "desilusão" e "punhalada nas costas". Enfim… A notícia chegou-me em forma de carta. Uma carta recheada de mentiras. E assinada por pessoas para as quais trabalhei - completamente de graça!  - nos últimos dois anos. Pessoas que salvei do desemprego. Pessoas cujas condições de trabalho melhorei. Pessoas a quem preparei lanches, apenas para as ver sorrir. Pessoas a quem chamei amigas.
 
Bati no fundo. Chorei. Assimilei. Voltei a chorar. Zanguei-me com o mundo mas, principalmente, comigo mesma por ser tão ingénua. E, nesse mesmo fim de semana, candidatei-me a um emprego que iria mudar toda a minha vida. Levantei-me, limpei o pó e voltei à luta.
 
Nunca iria adivinhar que iria ser contactada no início da semana seguinte. Muito menos que a entrevista iria ser marcada para essa mesma semana e que a resposta positiva chegaria na semana seguinte. Quando me candidatei, talvez um pouco impulsionava pela raiva que aquela traição me causou, nunca pensei que iria realmente ser aceite nem que o processo iria ser tão rápido. Mas ainda bem que foi.
 
Sinto-me mais realizada e valorizada profissionalmente. Tenho mais paciência para os que me são queridos. E alguns dos meus sonhos começam a ganhar contornos mais definidos e a querer saltar para fora do papel. Nem tudo é um mar de rosas, é verdade. Estou muitas horas fora de casa. Ainda não consegui alinhar o horário para conseguir fazer tudo o que quero. Não consegui estar diariamente presente no meu trabalho de voluntariado - ainda que todos os dias trabalhe para a instituição.
 
Completo este mês o meu terceiro mês de contrato e, mesmo trabalhando quase doze horas por dia e tendo de abdicar de alguns dos meus projetos, estou mais feliz!
 
Que 2019 traga mais momentos de mudança, evolução e felicidade!

Reading Time:

sábado, 5 de janeiro de 2019

TOP DE 2018 | A Música do Ano
janeiro 05, 2019 4 Comments
O meu coração hesitou entre Fiebre, do Ricky Martin, e Shallow, da Lady Gaga e Bradley Cooper. Depois de muito pensar, vou conceder o título de Música de 2018 a Shallow. Ricky Martin era uma oposta ganha pois é um dos meus cantores favoritos e quase todas as suas músicas têm um lugar especial no meu coração, mas Shallow venceu-me pela surpresa.
 
Não sou fã da Lady Gaga e não esperava nada desta colaboração entre ela e o Bradley. E, talvez por não esperar nada, ganhei tudo. Ganhei uma nova música para a minha playlist. Uma música que me aquece o coração, que ouço em modo repeat, que me deixa um sorriso nos lábios sempre que a oiço na rádio e que - ainda - me causa arrepios.
 


Qual a vossa opinião sobre a música?
Reading Time:

sexta-feira, 4 de janeiro de 2019

FOODIE | Sacolina [Lisboa, Portugal]
janeiro 04, 2019 3 Comments
 
Nada como uma manhã fria para nos desejar estar no conforto de uma habitação a petiscar algo delicioso. Ok, esse sentimento é uma constante na minha vida mas, ainda assim, foi acentuado nesta manhã.
 
Decidi abandonar o metro no Chiado e, depois de recorrer ao meu fiel amigo Zomato e analisar as opções disponíveis, dirigi-me à Rua Paiva de Andrade em busca da Sacolinha.

Quanto entrei fui completamente desorientada com a quantidade de doçaria e bom aspeto da mesma. E eu, que não grande apreciadora de doces logo pela manhã, fui seriamente tentada. Vezes e vezes sem conta. Continuei a andar e, na montra mais afastada da entrada, os meus adorados salgados. Optei por um salgado com salsinha que não desiludiu e, se não tivesse tanto óleo, tinha sido perfeito. Para acompanhar, um sumo natural de fruta.
 
O facto de pouco passar das oito horas da manhã e terem também disponíveis quiches e saladas, tudo com aspeto fresquíssimo é, sem dúvida, outro ponto a favor.
 
Foi uma refeição satisfatória, e fiquei com vontade de regressar para me aventurar na pastelaria, no entanto considero que cerca de 4€ por um sumo e um salgado é um preço um bocadinho inflacionado.

 
Sacolinha Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato 
 
Já conhecem o espaço? Como foi a vossa experiência?
Reading Time:

quinta-feira, 3 de janeiro de 2019

Os Top's de 2018
janeiro 03, 2019 5 Comments
Fotografia de @stilclassics
 
 
Durante as últimas semanas de 2018 pensei por diversas vezes em destacar alguns dos meus favoritos de 2018. Cheguei à conclusão de que não seria certo fazê-lo antes de o ano terminar. Isso seria descartar os últimos dias do ano como se não tivessem nada a oferecer. Comigo, acontece precisamente o contrário. Os últimos dias do ano servem como combustível para um último sprint para alcançar alguns dos objetivos pretendidos e metas estabelecidas.
 
Vou então aproveitar o primeiro mês de 2019 para recordar tudo o que 2018 me trouxe de bom e, talvez, também alguns dos momentos menos positivos mas, que ainda assim, me fizeram crescer e evoluir.
 
Ficam desse lado?
Reading Time:

quarta-feira, 2 de janeiro de 2019

Vamos A Isso!
janeiro 02, 2019 2 Comments
Photo by rawpixel on Unsplash
2019 começou com um dia de angústia e inércia, entre chás e mantas, mas raios me partam se vai continuar assim! Hoje é dia de levantar cedo, sacudir o pó e voltar à luta porque este ano ainda tenho muito a conquistar.
 
Uma boa semana para todos!
 
Reading Time:

terça-feira, 1 de janeiro de 2019

2019, Começamos Mal, Mas Eu Adoro Um Bom Desafio.
janeiro 01, 2019 4 Comments
 
Terminei 2018 entre amigos e família, mas com algumas atitudes pelas quais não esperava e que certamente não vão deixar saudades em 2018. Neste primeiro dia do ano refugiei-me no meu quarto e pouco mais fiz do que saltitar de programa em programa, comer, dormitar e planear as publicações desta semana.

Pela primeira vez em nove anos, o primeiro dia do ano não foi dividido entre a minha casa e a casa do Daniel. Aliás, pela primeira vez em nove anos, no primeiro dia do ano nem vi o Daniel. Precisava de estar sozinha, precisava de recarregar baterias e precisava, acima de tudo, de pensar. E termino o dia de hoje tão confuso quanto comecei.
 
Espero que o vosso ano tenha começado de uma maneira muito mais positiva e deixo-vos o meu desejo habitual: que 2019 seja o melhor de todos os anos que já passaram, e o pior de todos os que estão para vir.
 
Sejam felizes!
Reading Time:

@way2themes