Os Contos De Beedle O Bardo

Fotografia da minha autoria
 
Sempre que vejo um livro da autoria de J. K. Rowling, fico curiosa. É algo natural, que certamente está relacionado com toda a magia que senti ao crescer entre fotografias cujos ocupantes nunca permanecem muito tempo no mesmo lugar, palavras encantadas, varinhas mágicas e sapos de chocolate.
 
Cresci com o trio mais famoso do mundo, e o bem que isso me fez! Perdi-me de amores por um mundo desconhecido, assustei-me com a maldade natural de alguns e inspirei-me na coragem e sentido de justiça de outros.
  
Com uma coletânea de cinco contos, com pistas cruciais para a futura missão de Harry Potter e anotações de Albus Dumbledore, Os Contos de Beedle O Bardo trazem-nos um pouco mais do nosso tão querido mundo mágico, numa leitura leve e breve, que nos deixa com o sentimento de querer só mais um bocadinho.
 
Para mim, Os Contos de Beedle O Bardo ganharam um significado ainda mais especial por me terem sido oferecidos pela minha mãe, irmão e irmã, durante a nossa viagem ao Porto e, mais especificamente, na nossa visita à Livraria Lello. O amor é, realmente, a força mais poderosa de todas. Mas para descobrir isso não precisei de J.K. Rowling, bastou-me olhar para a minha família.
 
Quem mais leu Os Contos de Beedle O Bardo? O que acharam?
 

Comentários

  1. Confesso que não sou fã de Harry Potter, nunca li nem vi os filmes, esta temática não me fascina.

    ResponderEliminar
  2. Quero mesmo perder-me no mundo de Harry Potter! Este livro não conhecia, mas já me deixaste curiosa.
    «O amor é, realmente, a força mais poderosa de todas. Mas para descobrir isso não precisei de J.K. Rowling, bastou-me olhar para a minha família», tão lindo, tão verdadeiro *-*

    ResponderEliminar
  3. Eu sou uma desgraça ainda nem li Harry Potter. Tenho de começar urgentemente, tenho pena de não ter começado quando os livros saíram

    ResponderEliminar

Enviar um comentário