DESAFIO 1+3 | Qualidades - Perfeitamente Imperfeito

terça-feira, 26 de junho de 2018

DESAFIO 1+3 | Qualidades

Em toda a minha vida, tive apenas um ídolo. Apenas um modelo-guia. Apenas um exemplo que eu desejava realmente alcançar. Em toda a minha vida, tive apenas uma pessoa que eu realmente ambicionava ser: a minha mãe.

Curiosamente, ela é a pessoa que menos me impõe e que sempre me permitiu descobrir o mundo por mim, enquanto me acompanha, lado a lado, em todo o meu percurso.

Ela não impõe, mas mostra todas as possibilidades. Ela não obriga, mas ensina a viver. Ela não limita, mas abre todos os horizontes. Ela nunca me bateu, mas sempre teve o meu respeito. Ela não desiste de mim, mas faz-me ver quando eu erro. Ela não impõe regras ridículas, mas não tolera a maldade. Ela está sempre lá, independentemente do que eu faça e das decisões que eu tome. Ela não está sempre feliz, mas tem sempre um sorriso para todos. E a gargalhada... O som da gargalhada dela é a melhor coisa do mundo!

Ela não é perfeita, mas são as suas imperfeições - que só ela vê - que a tornam no melhor ser humano que alguma vez conheci. 

Ela ensinou-me que eu posso ser tudo e, por isso, tudo o que eu quero ser é ela.

Close-up of white orchids with purple spots on a white surface

2 comentários:

  1. Que bela homenagem à tua mãe! É mesmo percetível a admiração que tens por ela *-*
    Consegui rever os meus pais nesta publicação. E digo várias vezes que, se for 1/3 daquilo que eles são, posso ficar de coração tranquilo

    ResponderEliminar
  2. Muito bonito, de facto é como diz o ditado "mãe há só uma, a minha e mais nenhuma" :)

    ResponderEliminar