Avançar para o conteúdo principal

LIVRO | Trilogia "A Seleção"

Depois da publicação sobre Os Pequenos Grandes Amores, muitos ficaram curiosos como a nova trilogia que conquistou o meu coração. 

Prometi fazer uma publicação sobre essa trilogia e, como o prometido é devido, cá estou eu para cumprir a minha promessa.

A Seleção é uma trilogia da autoria de Kiera Cass, composta pelos livros: A Seleção, A Elite e A Escolha.


A HISTÓRIA

A história tem lugar em Ílea, um país criado após a Quarta Guerra Mundial. 

Em Ílea a população divide-se em oito castas. Os "Um" são a família real e os "Oito" são mendigos e sem-abrigo. Como podem calcular, os benefícios e a qualidade de vida vão diminuindo progressivamente até chegar à casta mais baixa. 

De modo a controlar a população, e dar um pouco de esperança às castas mais baixas, todos os príncipes escolham a sua futura esposa numa cerimónia: A Seleção.

Para trinta e cinco jovens, provenientes das mais diversas castas, a Seleção é a oportunidade de fugir ao destino que lhes foi traçado e de pertencerem à família real. E, apesar de ser o sonho de muitas jovens, não é o sonho de America, que apenas concorre para satisfazer a mãe.

Após ser seleccionada, America vê a sua vida desabar e fica de coração partido por ter de abandonar Aspen, o seu amor secreto.

No entanto, tudo muda. A viver no palácio, America começa a conhecer o príncipe Maxom e, pouco a pouco, começa a questionar todos os planos que tinha para a sua vida, incluindo os seus sentimentos.


A MINHA OPINIÃO

A Seleção conquistou-me desde a a primeira página do primeiro volume, até à última página do terceiro volume. 

Com uma história rica e completa, sentimos-nos parte deste mundo criado por Kiera Cass.

E as personagens, com tantas qualidades como defeitos, tornam-se tão reais que nos fazem rir e chorar com as suas vitórias e derrotas.

Ao contrário do que acontece com grande parte das sagas, A Seleção mantém a sua qualidade de livro para livro.

E, não que seja importante mas também não faz mal nenhum, as capas são adoráveis!
Já leram? Se sim, o que acharam?

Comentários

  1. Não conhecia mas a história é muito interessante! Era brutal se fizessem um filme ou 3 (eheh) sobre esses livros, eu ia vê-los de certeza!

    https://filipa-goncalves.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Coitada da tua tia! Eu já vi muita gente a passar mal por tocar em veludo, eu não consigo tocar em todos, mas aqueles mais macios são na boa, agora aqueles ásperos que arrepiam a espinha só de olhar, é impossível :o

    https://filipa-goncalves.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Nunca li, mas fiquei ainda mais curiosa!

    r: Muito obrigada pela partilha :)

    ResponderEliminar
  4. Nunca li mas já ouvi falar tanto desta trilogia que acabo por ter alguma curiosidade!

    ResponderEliminar
  5. r: Verdade! Quando ouvi aquela parte do diálogo, fiquei fascinada pela mensagem em si, mas questionei-me automaticamente como é que ele conseguiu ser tão inspirador :p

    ResponderEliminar
  6. Olá...
    Comprei o 1º e ainda não li, mas parece mesmo encantador.
    Continua a postar sobre livros.

    :)

    LL

    ResponderEliminar
  7. Falta outro que é a Herdeira, sobre a filha deles, não é?

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Relacionamentos: É Amor ou Comodismo?

"O amor é a base de qualquer relacionamento."
Existem algumas certezas que sempre me acompanharam durante o meu crescimento. 
Uma delas, talvez uma daquelas em que acreditava com mais tenacidade, era que todos os relacionamentos se baseavam em amor.
Depois cresci, não muito confesso. Continuo a manter uma certa ingenuidade e a guardar com carinho muitos dos meus sonhos de menina mas, inevitavelmente, a vida acontece, e o mundo que inicialmente era a preto e branco, começa a ganhar diversos tons de cinza.
E, com muita tristeza minha, apercebi-me que a grande parte dos relacionamentos não tem por base o amor mas sim o comodismo. Quando ficamos por hábito, por não querer admitir que não resultou, por medo do desconhecido ou, simplesmente, porque não temos coragem de abrir o nosso coração ao desconhecido e tentar outra vez.
Existem avisos, sempre, mesmo quando queremos negar ou preferimos não encarar a dura verdade. Quando os gestos de carinho são inexistentes. Quando qualquer moment…

Mais de 1500.

Imagem de Deathtostock
Mais de 1500 publicações, 1507 se quisermos levar a precisão ao extremo. Mais de 1500 opiniões, parvoíces, textos, frases, imagens e idiotices.
Não posso dizer que estou surpreendida pelo número de publicações visto que, quando criei este blogue fi-lo com o objetivo de criar algo duradouro, algo que me acompanhasse, crescesse e evoluísse comigo. O que me surpreende são vocês. Vocês, que começaram a ler e gostaram. Vocês, que despendem de um pouco do vosso dia para apoiar, criticar ou dar a vossa opinião. Vocês, que continuam a voltar dia após dia mesmo quando as actualizações são raras. A todos vocês muito obrigado.

Decisões de Menina Crescida.

Tenho a oportunidade de me envolver numa empresa que me irá dar alguma estabilidade e, a longo prazo, uma carreira profissional sólida. No entanto é necessário realizar um investimento inicial que, neste caso, iria envolver todas as minhas economias. 
A verdade é que tenho algum receio. O que para a maioria das pessoas envolvidas no negócio pode ser um valor insignificante, para mim abrange praticamente a totalidade do capital que tenho disponível e não consigo deixar de me sentir insegura e algo ansiosa. Detesto a sensação de ficar financeiramente desprotegida, ainda que por pouco tempo.
Tenho que tomar uma decisão até dia 25 e espero decidir pelo melhor mas, muito honestamente, não faço a menor ideia do que devo fazer.