Avançar para o conteúdo principal

Guia Completo Para O Ginásio: Conhece Aqui Todas As Espécies


Um guia para todos os que desejam conhecer melhor as estranhas espécies que habitam os ginásios deste mundo.

Guia


Atualmente vivemos numa civilização que vive de aparências. Se isso é sempre bom? Claro que não mas, como em tudo na vida, também não é sempre mau. Se em alguns casos sentimos a pressão do parecer em detrimento do ser, em outros casos o ser é a única opção.



Do it for the after selfie.


Uma das tendências que atualmente inunda todas as redes sociais, noticiários, revistas e blogues, é o fitness. Publicar umas quantas fotografias semanais no ginásio - se fizeres também uns instastories, melhor - tornou-se completamente essencial para manter um estatuto minimamente respeitável.

Ginásio


Ora vamos lá conhecer as espécies presentes neste habitat:
  • Os Omnipresentes - Estão sempre lá, independentemente do horário a que fores. Se vais de manhã, eles estão lá. Se vais à hora de almoço, eles estão lá. Se vais à tarde, eles estão lá. Se vais à noite, eles estão lá. Se não vais... acredita, eles estão lá! Nem deveriam pagar a mensalidade, até porque passam lá mais tempo que os próprios instrutores. É uma espécie em crescimento.
  • Os Adónis - Antes de mais que fique esclarecido: os membros desta espécie não são necessariamente bonitos. Depois não venham cá dizer que não vos avisei... Sabem aqueles gajos - peço desculpa, mas são maioritariamente homens - que terminam um exercício e vão para a frente do espelho fazer diversas poses enquanto admiram o seu físico fabuloso? Apresento-vos os Adónis.
  • Os Sonoros - Facilmente identificáveis pelos grunhidos que fazem durante T-O-D-O o treino. Desde o primeiro exercício até ao último, eles gritam, grunhem, fazem cara feia ao ponto de parecer que estão a cagar um cacto e quase que choram. Mas fazem-no orgulhosamente durante todo o treino como se se tratasse de um feito digno de toda a honra e mérito.




Guia


  • Os Açambarcadores - Provavelmente a espécie que mais me enerva. Quando terminam mantêm-se sentados, provavelmente à espera da próxima aparição da Virgem Maria que lhes dê a vontade necessária para fazer mais uma repetição ou, quem sabe, assim no auge da loucura, levantar as nalgas e dar lugar a outro! A sério, não  façam isso. Existem outras pessoas que precisam dos equipamentos. Se precisam de descansar entre séries levantem-se  e descansem enquanto outra pessoa utiliza a máquina. Não só se tornam pessoas mais educadas como evitam levar com um halter nos cornos.
  • As Divas - O equipamento é a última tendência e assenta na perfeição. Os ténis são lindos de morrer e parecem sempre novos, independentemente do número de vezes que já foram ao ginásio. O cabelo é um espanto e até a suar ficam bonitas. O mais triste? Nem precisam de ir ao ginásio porque já são boas como tudo. Basicamente, são umas grandes cabras.
  • Os Solitários - Vão com a sua música e headphones bem colocados. Raramente dizem uma palavra. São uma espécie neutra: não aborrecem e não se deixam aborrecer.
  • Os tagarelas - São maioritária, mas não exclusivamente, raparigas. A bem da verdade, o ginásio não lhes interessa. Não vão pelo exercício físico. Vão pela amizade, pelo companheirismo e porque parece mal estar todo o dia com o rabinho alapado no café. Metem a conversa em dia, tiram umas selfies e, se apetecer, experimentam uma ou outra máquina. Saem da sala tal e qual como entraram: sem uma única gota de suor.
  • Os Inconstantes - A minha própria espécie. Uns dias vão com tudo, outros dias arrastam-se tal zumbi de The Walking Dead e outros dias nem lá põem os pés. O gosto pelo mundo do fitness é algo que ainda estão a tentar incutir a si mesmos. Vão por peso na consciência ou por peso excessivo no rabo.



Guia




E vocês, fãs de ginásio, a que espécie pertencem?
Qual a espécie que mais vos irrita?



Comentários

  1. Permite-me acrescentar a minha espécie: Os fugitivos - pessoas que não vão ao ginásio, porque não têm paciência :p

    ResponderEliminar
  2. Sou uma inconstante, sem dúvida ahahaha
    http://sunflowers-in-the-wind.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. ahahah, adorei xD

    eu faço parte dos que não frequentam sequer o ginásio xD já pensei nisso mas prefiro a minha cama e um dia vou encontrar vontade para fazer exercício em casa - que, por sinal, me queixo frequentemente que faz falta xD

    ResponderEliminar
  4. "Basicamente, são umas grandes cabras." ahahahah o que eu me ri!
    Eu acho que sou o teu tipo ou o tipo solitário. Bem, já não vou ao ginásio há muitooo tempo!

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Relacionamentos: É Amor ou Comodismo?

"O amor é a base de qualquer relacionamento."
Existem algumas certezas que sempre me acompanharam durante o meu crescimento. 
Uma delas, talvez uma daquelas em que acreditava com mais tenacidade, era que todos os relacionamentos se baseavam em amor.
Depois cresci, não muito confesso. Continuo a manter uma certa ingenuidade e a guardar com carinho muitos dos meus sonhos de menina mas, inevitavelmente, a vida acontece, e o mundo que inicialmente era a preto e branco, começa a ganhar diversos tons de cinza.
E, com muita tristeza minha, apercebi-me que a grande parte dos relacionamentos não tem por base o amor mas sim o comodismo. Quando ficamos por hábito, por não querer admitir que não resultou, por medo do desconhecido ou, simplesmente, porque não temos coragem de abrir o nosso coração ao desconhecido e tentar outra vez.
Existem avisos, sempre, mesmo quando queremos negar ou preferimos não encarar a dura verdade. Quando os gestos de carinho são inexistentes. Quando qualquer moment…

Mais de 1500.

Imagem de Deathtostock
Mais de 1500 publicações, 1507 se quisermos levar a precisão ao extremo. Mais de 1500 opiniões, parvoíces, textos, frases, imagens e idiotices.
Não posso dizer que estou surpreendida pelo número de publicações visto que, quando criei este blogue fi-lo com o objetivo de criar algo duradouro, algo que me acompanhasse, crescesse e evoluísse comigo. O que me surpreende são vocês. Vocês, que começaram a ler e gostaram. Vocês, que despendem de um pouco do vosso dia para apoiar, criticar ou dar a vossa opinião. Vocês, que continuam a voltar dia após dia mesmo quando as actualizações são raras. A todos vocês muito obrigado.

Decisões de Menina Crescida.

Tenho a oportunidade de me envolver numa empresa que me irá dar alguma estabilidade e, a longo prazo, uma carreira profissional sólida. No entanto é necessário realizar um investimento inicial que, neste caso, iria envolver todas as minhas economias. 
A verdade é que tenho algum receio. O que para a maioria das pessoas envolvidas no negócio pode ser um valor insignificante, para mim abrange praticamente a totalidade do capital que tenho disponível e não consigo deixar de me sentir insegura e algo ansiosa. Detesto a sensação de ficar financeiramente desprotegida, ainda que por pouco tempo.
Tenho que tomar uma decisão até dia 25 e espero decidir pelo melhor mas, muito honestamente, não faço a menor ideia do que devo fazer.