2017 - Perfeitamente Imperfeito

quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

A Música Da Semana
dezembro 27, 2017 12 Comments

Porque ainda estou com muito espírito natalício e hoje, especialmente, preciso de uma dose extra de animação para enfrentar um dia que se adivinha extremamente desagradável. 

Desejem-me sorte.
Reading Time:

terça-feira, 19 de dezembro de 2017

SOS NATAL | Para As Miúdas Fit
dezembro 19, 2017 6 Comments
Todos conhecemos aquela super cabra mulher que faz questão de ir ao ginásio com um sorriso na cara depois de um dia de trabalho. Aquela que nem pensa duas vezes em correr quarenta e dois quilómetros a um domingo de manhã. Aquela que conhece todas as modalidades novas e todos os nomes bizarros das mais variadas posições de yoga. 

Invejas à parte, a verdade é que estas senhoras têm alguma de muito bom: ficam felizes com qualquer presente minimamente desportivo e, como continuam a ser mulheres, roupa desportiva é a aposta mais certeira. 

Aqui ficam algumas sugestões:


Reading Time:

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Christmas TAG [Parte 2]
dezembro 14, 2017 3 Comments
Tal como prometido, aqui fica a segunda parte da Christmas TAG.

8- Sê honesto, preferes dar ou receber presentes?
Não só adoro dar presentes, como sou a consultora da família inteira! A minha atenção ao detalhe é muito útil na hora de escolher presentes e, como só ofereço presentes às pessoas mais importantes, faço questão que sejam presentes que elas gostem.

Obviamente, que gosto quando as pessoas têm o mesmo cuidado comigo e me oferecem presentes que, notoriamente, foram feitos ou comprados a pensar em mim.

9- Qual foi o melhor presente que recebeste?
Sendo a única neta, única filha e única sobrinha do lado da minha mãe, durante 5 gloriosos anos, os meus presentes eram maravilhosos e em quantidade obscena. E o melhor, eu estimava tudo e guardava tudo com o máximo de carinho. 

No entanto existe um presente que me marcou especialmente, eu andava apaixonada por uma edição do Monopólio da Disney, mas era algo caro e nessa altura não estávamos a pensar uma boa fase financeira portanto nem sequer tinha esperanças de receber isso. E estava bem com isso pois tinha perfeita consciência de que não era possível. Imaginam o meu espanto quanto abri o meu presente e ali estava o tão desejado Monopólio da Disney!? A verdade é que a minha mãe fartou-se de trabalhar, de economizar e de cortar aqui e ali para me dar a prenda que eu tanto queria. Até hoje, continua a ser o melhor presente de todos! Não só pelo presente em si, mas por todo o amor, esforço e dedicação que representa. 

Atualmente, os presentes mais especiais são sempre os da minha mãe e os do meu namorado, talvez por serem as pessoas que me conhecem melhor.

10- Qual o teu lugar de sonho para passar o Natal?
Com a minha família toda, na Disneyland Paris!

11- Momento mais memorável das férias de Natal?
O melhor das férias de Natal, é sempre o dia 24 e o dia 25. Adoro preparar a mesa com a minha família e passar uma noite espetacular. 

12- Como é que soubeste a verdade sobre o Pai Natal?
Consegui ver, por debaixo do fato, a t-shirt do restaurante dos meus avós. Primeiro ainda pensei que o Pai Natal gostasse de ir lá ao restaurante mas depois descobri a t-shirt na gaveta do meu tio Tó.

13- És uma pro a embrulhar ou um fail completo?
Safo-me bastante bem e, caso seja algo difícil de embrulhar, meto num saco bonito e fica resolvido.

Um pequeno segredo: detesto nomear blogues! Gosto de tantos e acho que existem por aí tantos blogues de qualidade que nunca me consigo decidir. A par desta minha dificuldade, e como é Natal, nomeio todos os que estiverem a ler esta publicação e desejem partilhar um pouco mais connosco. 

Deixem os links com as vossas respostas nos comentários para eu depois ir espreitar. 

Feliz Natal, a todos!
Reading Time:

quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

SOS NATAL | Para Os Fãs De Música
dezembro 13, 2017 3 Comments
Imagem relacionada

O vinil regressou em força e os gira-discos da Crosley são encantadores e um excelente acessório para qualquer habitação.

Eu vi na Fnac mas deduzo que existam outro locais a comercializar.
Reading Time:
Christmas Tag [Parte 1]
dezembro 13, 2017 4 Comments
A Maria e a Ella foram umas fofinhas e nomearam-me para a Christmas Tag e, como acontece com tudo o que está relacionado com o Natal, eu não consegui recusar. Obrigado, Maria e Ella!

O objetivo desta TAG natalícia é responder a 13 perguntas e nomear 7 bloggers para a fazerem. Como as minhas respostas ficaram um pouco extensas, vou dividir esta TAG em duas publicações. 

1- Qual é o teu filme de Natal favorito?
Para mim o Natal é uma época de felicidade e amor, em que tudo serve de desculpa para ser um bocadinho mais feliz. As tradições passam-me um bocado ao lado e a felicidade daqueles que amo é a minha prioridade por isso, apesar do meu amor incondicional por Harry Potter, qualquer filme da Disney é um bom filme para assistir em família. Não só nesta altura, mas durante todo o ano!

2- Onde costumas passar o Natal?
As minhas melhores recordações são dos Natais passados em casa da minha avó materna, com toda a família reunida. No entanto, tendo os meus pais separados, depois acabei por me dividir um bocado entre a casa da minha avó materna, da minha avó paterna e dos meus avós (pais do meu padrasto) e, mais recentemente, dos pais do meu namorado.

3- Qual é a tua música de Natal favorita?
Todas e mais algumas! Basicamente, todas as minhas músicas favoritas, mesmo que não tenham qualquer relação com a época natalícia.

4- Abres os presentes na véspera de Natal?
Em qualquer altura! Como tenho uma família grande e ando sempre a saltitar, qualquer altura é boa para abrir prendas! A tradição é na véspera, à meia-noite, mas a minha avó materna aboliu a tradição para termos tempo de brincar com os nossos presentes. Digam-lá se não tenho a avó mais fixe de todas?

5- Por que tradições estás mais ansiosa este Natal?
A minha avó materna e a minha mãe, talvez pelo facto de eu ter que me dividir no Natal e elas verem o quanto isso me incomodava, sempre desvalorizaram as tradições. A prioridade delas sempre foi ensinar-me que o mais importante é a família, independentemente do dia ou do local. Portanto o que eu mais gosto é de passar o Natal com a minha família, todos juntos, entre risos e palhaçadas.

No entanto existe uma coisa engraçada: as nossas refeições de Natal em casa da minha avó materna eram mais tradicionais e normalmente a ceia era o típico bacalhau com couves, até que eu comecei a falar e pedir carne de porco à alentejana! E assim, foi. Até aos dias de hoje, é quase certo que a carne de porco à alentejana e o bacalhau com couves coexistem na nossa mesa.

6- Tens uma árvore de Natal verdadeira ou falsa?
A minha atual árvore de Natal foi idealizada pela minha mãe, é em madeira, e foi construída por um carpinteiro nosso amigo. É só a árvore mais linda do mundo! Prometo partilhá-la com vocês. 

No entanto quando era pequena a minha avó Lisete (avó materna) tinha sempre uma árvore de Natal verdadeira e enorme! Adorava deitar-me debaixo da árvore, ver as luzes a piscar e sentir aquele cheirinho maravilhoso.

7- Qual o teu doce/comida favorita do Natal?
Não sou grande apreciadora dos doces típicos de Natal mas, dentro do mais tradicional, talvez os meus favoritos sejam os pastéis de grão. No entanto dou sempre prioridade a mousses, doces com bolacha e doces com fruta.

Continua... 
Amanhã irei publicar a segunda parte desta TAG.
Reading Time:

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Querem Vir Até Paris?

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

É Já Amanhã...
dezembro 11, 2017 3 Comments
Two pigeons nuzzle on a wall in the Trocadéro, the Eiffel Tower visible in the background

A madrugada de terça-feira vai ser escassa em horas de sono, mas por uma boa causa. Se tudo correr bem, amanhã, por volta das 10 da manhã estarei a aterrar na capital francesa. 

Algumas recomendações? Quais são aquelas locais que não posso mesmo perder?
Reading Time:

sábado, 9 de dezembro de 2017

SOS NATAL | Rituals
dezembro 09, 2017 5 Comments
The Ritual of Sakura - Relaxing Ritual
Os produtos da Rituals são qualquer coisa de maravilhoso e a linha Sakura é a minha favorita deste sempre! A combinação entre a flor de cerejeira e o leite de arroz confere-lhe um aroma harmonioso e delicado. A caixa fofinha - que pode perfeitamente ser reutilizada -  só torna este conjunto ainda mais interessante.
Reading Time:

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Provavelmente, A Última Viagem De 2017
dezembro 08, 2017 4 Comments
The Pont Alexandre bridge in Paris illuminated at dusk
Créditos: Léonard Cotte | Fonte: unsplash.com

Os bilhetes de avião estão comprados e, mesmo não sendo uma das minhas cidades favoritas, mal posso esperar por (re)descobri-la ao lado dele.

Alguém reconhece a cidade?
Reading Time:

quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

SOS NATAL | Para Os Potterhead Mais Crescidos
dezembro 07, 2017 2 Comments
Wook.pt - Uma Vida Muito Boa
Podem saber mais sobre o livro aqui. Agora, devido a uma promoção, custa 7,99€.

"Em 2008, J.K. Rowling proferiu um discurso profundamente marcante na Universidade de Harvard perante uma audiência de jovens recém-formados. Uma Vida Muito Boa, agora publicado pela primeira vez em língua portuguesa, contém palavras sábias de J.K. Rowling, proporcionando orientações a todos os leitores que se encontrem num momento de viragem decisivo das suas vidas, colocando questões profundas e estimulantes: como aceitar o fracasso? Como podemos usar a nossa imaginação em benefício não só de nós próprios mas também dos outros?

Partindo das suas vivências enquanto jovem recém-formada, a mundialmente famosa escritora trata neste pequeno livro de algumas das questões mais importantes da vida com inteligência e força emocional. Abordando temas como o fracasso, as adversidades, a imaginação e a inspiração, este livro permanece tão relevante hoje como da primeira vez que J.K. Rowling proferiu estas palavras, há 9 anos.

A Presidente da Universidade de Harvard, Drew Gilpin Faust, afirmou: «O percurso de J.K. Rowling constitui um poderoso exemplo. O discurso que a autora de Harry Potter proferiu constitui uma dádiva extraordinária para todos nós que tivemos o privilégio de a ouvir e agora de a ler.»

J.K. Rowling doará as receitas provenientes das vendas deste livro à Lumos Foundation, instituição de solidariedade a que preside. Esta iniciativa insere-se no seu compromisso de financiar os custos operacionais da referida instituição, permitindo assim que todas as doações possam ser encaminhadas diretamente para os projetos no terreno."

Um livro que irá mudar a tua vida e ainda contribuir para ajudar as pessoas que mais precisam. 

Se és Potterhead, ou conheces alguém que seja, este é o presente ideal.
Reading Time:
Abençoado Feriado!
dezembro 07, 2017 7 Comments

Um feriado é sempre bem-vindo, especialmente quando se avizinham dias de trabalho excessivo e escassas horas de sono.

Quais são os vossos planos para amanhã?

Reading Time:

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

SOS NATAL - Cabazes de Natal
dezembro 06, 2017 3 Comments
Quem nunca sofreu na pele com a angústia de não saber o que oferecer que levante a mão.

Nota: A minha mão está levantada mas já estabelecemos aqui que eu sou a Rainha dos Presentes, portanto é completamente normal.

A verdade nua e crua é que existem sempre pessoas que presenteamos por uma questão de obrigação. Ou o Sr. Joaquim, que nos ajuda sempre que o carro avaria; ou a Dona Augusta, que vive na porta em frente e que recolheu o nosso correio durante as férias; ou o amigo secreto do trabalho; ou o Tio Ermelindo que resolveu aparecer sem avisar e que vocês não vêem à três milhões de anos... 

Por norma são pessoas que não conhecemos bem e, por isso mesmo, não sabemos o que oferecer. Estes são os casos que mais nos afligem e que estragam todo o espírito natalício com stress e energias negativas. No entanto, existe uma solução muito simples para este problema: Cabazes de Natal.

É verdade, meus caros amigos. A solução  é tão simples que se torna ridícula mas é a mais pura das verdades e o um dos segredos que irá salvar o vosso Natal. 

O Continente tem alguns cabazes já preparados, cujos preços rondam entre os 8€ e os 400€. Já eu resolvi ser meiguinha, e as minhas sugestões são entre os 8€ e os 50€. 

Para um presente mais personalizado, podem sempre decorar uma caixa a vosso gosto e fazer o vosso próprio Cabaz de Natal.

Reading Time:
A Música Da Semana
dezembro 06, 2017 4 Comments

Ed Sheeran a derreter até os corações mais gelados. Uma voz encantadora, uma melodia harmoniosa e uma letra fantástica. 
Reading Time:

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

SOS NATAL - Um Presente Por Dia
dezembro 05, 2017 4 Comments
Créditos: Caley Dimmock          Fonte: Unsplash

Tenho algo a confessar. É chocante. É imprevisível. E depois de dito não há volta atrás. Cá vai: sou a Rainha dos Presentes.

É verdade, eu sei que não esperavam por isto mas, após tantos anos de blog, achei que era altura de saberem. A verdade é que a minha atenção ao detalhe e a preocupação extrema com as pessoas que amo fazem com que saiba sempre qual é o presente ideal - mesmo quando as próprias pessoas não sabem o que querem. É um poder completamente sobrenatural e faz de mim uma espécie de Jedi cá por casa.

O resultado? Normalmente fico encarregue de comprar as prendas de todos para todos. Eu explico, já comprei as prendas que o meu irmão vai oferecer a toda a família. Já pensei em sugestões para as situações em que a minha mãe não sabe o que oferecer. E já estou a preparar as sugestões para a minha irmã mais nova. 

Normalmente, despacho a coisa num par de horas - as compras do meu irmão ficaram despachadas em menos de uma hora - o único problema é quando chega a altura de comprar as prendas que eu vou oferecer. Nessa altura já organizei a vida de todas e as opções são mais escassos e, na tentativa de dar os presentes mais giros e originais, todos os anos acabo a competir comigo própria. 

Partilhas à parte, e como esta é uma época em que noventa por cento da população se lembra que é giro ser solidário, vou partilhas os meus super-poderes convosco e, até dia 24 de Dezembro, irei partilhar com vocês sugestões de presentes de Natal. 

Eu sei, eu sei... Sou a melhor da freguesia, vocês adoram-me e não vivam sem mim. 

As primeiras sugestões chegam amanhã. Estejam atentos.

Reading Time:
Violar Mulheres É "Dever Nacional"
dezembro 05, 2017 2 Comments
Black and white shot of attractive blonde woman standing, looking at wall in sunglasses with window
Créditos: Alex Ronsdorf          Fonte: unsplash.com

De entre todas as parvoíces e idiotices que já disse neste blog, este título é, sem sombra de dúvida, o mais estúpido de todos. Estúpido, ridículo, ignorante e, acima de tudo, extremamente assustador.

Nabih al-Wahsh é conhecido por ser conservador mas, na minha opinião, é simplesmente idiota e ignorante. Desta vez, este ilustre advogado, participou num debate sobre prostituição e, num programa televisivo, afirmou que é "dever nacional" violar mulheres provocadoras.

Na sua infinita sabedoria, Nabih al-Wahsh informou-nos que o facto de usar umas simples calças rasgadas é motivo mais que suficiente para as mulheres que as usam serem assediadas. E, como toda a boa estupidez é infinita, continuou, afirmando que esse assédio é um "dever patriótico".

A indignação que se espalhou pelo Egipto e se alastrou ao resto do Mundo, fez com que o advogado fosse condenado a três anos de prisão e ao pagamento de uma multa no valor de 950 euros.

Os meus parabéns às autoridades que não deixaram este crime passar impune. Se é suficiente? Não! Está longe de ser suficiente. Mas é alguma coisa. E são sempre as pequenas coisas que desencadeiam as grandes mudanças.

E, por favor, nunca, em caso algum, pensem como esta criatura e sensibilizem o máximo de pessoas possível. Não interessa se é um homem ou mulher, todos os seres humanos merecem respeito.

Podem consultar a notícia completa em Notícias ao Minuto.
Reading Time:

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Às Situações Inesperadas.
dezembro 04, 2017 4 Comments
O final eminente de 2017 dá-me uma motivação para terminar este ano em grande e fazer dele um ano especial. 

Num ano que se iniciou com viagens inesperadas e uma miscelânea de sentimentos e que acabou por me trazer alguns dos piores momentos da minha vida, só espero aprender com os erros e terminar este ano da melhor forma. 

Entre recordações e erros irreparáveis, resolvi proporcionar um momento especial e oferecer uma viagem a uma das pessoas que mais amo, o meu namorado. Obviamente que a minha boa vontade é discutível visto que eu sou a acompanhante, mas o destino foi inteiramente escolhido a pensar nele e na possibilidade de rever alguns familiares dele que rapidamente se tornaram familiares nossos.

A viagem está marcada, os bilhetes estão comprados e agora resta aguardar por dia 12 de Dezembro.


Alguém adivinha o destino?

Reading Time:

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

A Música da Semana
novembro 29, 2017 5 Comments

Luis Fonsi e Demi Lovato a marcarem pontos! Échame La Culpa passa repetidamente no meu portátil, no meu telemóvel, no meu carro, na minha casa, e em todos os lugares onde eu tenha algum controlo sobre a escolha da música.

Se ficares completamente viciado... Échame La Culpa!
Reading Time:

domingo, 26 de novembro de 2017

Parabéns Para Mim!
novembro 26, 2017 9 Comments

Hoje completo vinte e seis anos e, à semelhança de outros anos, fiz questão de passar este dia com algumas das pessoas mais importantes da minha vida. E é por esse motivo que não poderia deixar que o dia terminasse em passar por aqui e lembrar-vos do quanto são especiais para mim.

Obrigado por estarem sempre desse lado!

Reading Time:

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

(Quase) 26 Anos E Eu Nunca...
novembro 24, 2017 9 Comments


  • Apanhei uma bebedeira. Provavelmente contam-se pelos dedos das mãos as bebidas alcoólicas que eu consumo durante um ano. Não sou grande apreciadora de bebidas alcoólicas e, mesmo com as minhas favoritas, nunca caí no exagero. E, sinceramente, faz-me alguma confusão as pessoas que não se conseguem divertir sem beber. Atenção, não tenho nada contra! Só acho um pouco triste...

  • Tive um quarto só para mim. Provavelmente a mais chocante de todas. É verdade, nunca tive um quarto só para mim. Antes de o meu irmão nascer assentei arraiais no quarto do meus pais, depois passei a dividir o quarto com o meu irmão e, quinze anos mais tarde, quando nasceu a princesa cá de casa, passámos a dividir o quarto e nunca mais nos separámos. De vez em quando sinto falta de ter um espaço só meu, mas depois vejo esta fofura a dormir tão calma e serena ao meu lado, e não trocava estes momentos por nada.

  • Vivi fora de casa. Normalmente a faculdade serve para dar os primeiros passos no que diz respeito a viver fora de casa no entanto, como frequentei a universidade da minha cidade, fiquei em casa com os meus gordinhos. Mais uma vez, às vezes penso em ter um espaço só meu mas depois fico em pânico só de pensar em todos os momentos fabulosos e barulhentos que vou perder.

  • Consegui manter uma planta viva. É triste... Mas é a mais pura das verdades! Já experimentei plantas, já experimentei flores, já experimentei ervas aromáticas, já experimentei arbustos... No interior ou no exterior, o resultado é sempre o mesmo: morte para as pobres coitadas. 

  • Experimentei drogas. Talvez por ter um caso de toxicodependência muito próximo de mim, sempre me afastei de tudo o que fosse relacionado com drogas e nunca tive a mínima curiosidade em experimentar - muito pelo contrário!

  • Me candidatei a um trabalho relacionado com o meu curso. Acabei a minha licenciatura por teimosia. Não gostei, mas depois de todo o dinheiro investido não queria ficar com aquilo pendurado. Felizmente sempre consegui trabalhar em outras áreas que me interessavam mais e nunca tive que recorrer ao meu diploma.

Temos algumas em comum ou nem por isso?
Reading Time:

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

(Quase) 26 Anos E Seis Factos Aleatórios Sobre Mim
novembro 23, 2017 3 Comments


  • O meu irmão já se peidou na minha cara e mal pode esperar pela oportunidade de o voltar a fazer.

  • Quando estou nervosa ou insegura utilizo o sarcasmo como mecanismo de defesa.

  • Não gosto de mostrar a minha fragilidade e evito-o a todo o custo.

  • O meu maior medo é que as pessoas que eu amo não saibam o quanto são importantes para mim. Por isso mesmo, faço questão de dizer que as amo sempre que possível.

  • Adoro saladas, mas alface sozinha é uma tristeza.

  • Em criança, os meus problemas com a ansiedade eram tão pronunciados que cheguei a ser medicada.

Algum que vos tenha surpreendido?
Reading Time:

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Loucura ou Economia?
novembro 22, 20171 Comments
Resultado de imagem para black week ryanair

Numa semana em que preciso mesmo de me deitar cedo e descansar minimamente, acabo por ficar acordada à espera das novas promoções da Ryanair. 

Aposto que o Ronaldo não tem de passar por isto...


Para os mais distraídos, a Ryanair está a fazer uma Black Week em que todos os dias nos proporcionam promoções diferentes e bastante tentadoras. Estão na dúvida? Posso dizer que já tiveram voos para Paris - e não só - por menos de 5€!

E vocês, já aproveitaram algumas promoções?
Reading Time:
A Música da Semana
novembro 22, 2017 2 Comments
Jonas Blue – Mama (Lyrics) ft. William Singe

"Don´t wanna wake up one day wishing that we done more."

A única coisa que temos garantido é o presente. Vamos fazer com que valha a pena.
Reading Time:

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Mexe A Bunda Que É Segunda #3
novembro 20, 2017 8 Comments
Resultado de imagem para motivational quotes

Acham que é impossível? Continuem, vai ser incrível quando conseguirem!

Uma boa semana para todos!
Reading Time:

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

MTV EMA 2017 | Rita Ora
novembro 13, 2017 7 Comments

Entre mil e um projetos pessoais e profissionais, uma instituição para gerir e uma família que gosta de ver a minha cara de vez em quando, o blogue tem andado a meio gás - sendo isto uma forma simpática de dizer que tem sido completamente negligenciado. 

Quero aproveitar para agradecer à Rita Ora - leitora assídua do blogue, pois claro - e ao seu robe fofinho pro me fazerem tirar um bocadinho do meu dia para partilhar este momento convosco.

Primeiro, o robe parece super fofinho e confortável. Em que hotel é que a Rita o terá roubado? 

Segundo, como é que ela manteve a toalha enrolada na cabeça a noite inteira? Será que foi cosida ao escalpe? É que a minha está sempre a cair...

Terceiro, as jóias e os sapatinhos podem vir cá para casa, sim? Prometo amá-los e respeitá-los até que a morte nos separe. Ou talvez nem a morte nos separe, acho que vou pedir para ser enterrada com eles.

Quarto, depois de ver alguém vestido com bifes, um robe não é assim TÃOOOO extravagante. 

Quinto, e não é que a cabra até de robe e toalha na cabeça fica bem!?

E vocês, o que acham do look "lavei-me e não tive mesmo tempo para mais nada"?


Reading Time:

sexta-feira, 27 de outubro de 2017

The Story of Diana [2017]
outubro 27, 2017 6 Comments
Imagem relacionada

Um excelente documentário sobre uma magnífica mulher que deixou o Mundo melhor do que o encontrou. 

Prometo que vos conto tudo daqui a uns dias mas, acreditem, vale muito a pena!
Reading Time:

quinta-feira, 26 de outubro de 2017

A Minha Definição De Família.
outubro 26, 2017 4 Comments
"Então, Ana!? Como é que não te lembras da tia Augusta?"

Basicamente porque nunca vi a porra da tia Augusta! Porque passaram-se Natais, aniversários, férias escolares, momentos felizes, momentos tristes, gargalhadas que fazem doer a barriga e ataques de choro que fazem doer a cabeça e nunca, em momento algum, o raio da mulher esteve presente!

Só para desmistificar a coisa: não tenho nenhuma tia Augusta. Ou talvez tenha, já que parece que a minha família cresce como uma erva daninha. A frase serve apenas para demonstrar o que já ouvi inúmeras vezes sobre tias/os, primas/os, e tudo o que mais valha.

A MINHA família não se define por laços de sangue ou por genes similares - ainda que por vezes estes factores coincidam. 

Para conhecer a minha verdadeira família não podem recorrer a laboratórios frios e testes complexos. Para conhecer a minha verdadeira família não podem recorrer a registos genealógicos empoeirados ou apelidos transmitidos de geração em geração.

Para conhecer a minha verdadeira família precisam de um almoço barulhento e variado, em que cada um traz um prato diferente formando uma mesa farta, completamente descoordenada e uma combinação estranhamente agradável que acaba por agradar a todos.

Para conhecer a minha verdadeira família precisam de ouvir as histórias, de ver os sorrisos, de ouvir as gargalhadas, de sentir os abraços e testemunhar a troca de olhares cúmplices. 

Para conhecer a minha verdadeira família precisam de entender uma arte falada por muitos e conhecida por poucos. Aquela que faz meio mundo questionar-se e debater-se e dá aos poucos sortudos que a entendem uma paz de espírito indescritível: o Amor.



Reading Time:
Especial de Aniversário.
outubro 26, 2017 2 Comments

Daqui a um mês festejo o meu vigésimo sexto aniversário!

Primeira reação: Yeahhhh! Parabéns para mim!
Segunda reação: What the fuck!? Vinte e seis anos, como assim?! Eu juro que ainda tenho dezassete...

Como não posso fugir aos algarismos e, apesar da minha incredulidade, vinte e seis anos ainda é um número fofinho, este ano vamos começar os festejos aqui no blogue com um mês da antecedência! É isso mesmo! Se é para ir, que seja em grande estilo!

Fiquem atentos, além de publicações especiais sobre a vida da vossa pessoa favorita - eu! - pode ser que tenham alguns presentes para vocês. 
Reading Time:

quarta-feira, 25 de outubro de 2017

A Música da Semana
outubro 25, 2017 3 Comments

Porque queramos vernos de Vanessa Martín e Matias Damásia, chegou aos meus ouvidos através da nova coqueluche da TVI, A Herdeira, e ganhou um lugar na minha playlist.

Gostam?


Reading Time:

domingo, 15 de outubro de 2017

Catisfactions
outubro 15, 2017 4 Comments
Devido à parceria entre a youzz a a Catisfactions tive o praze - ou pelo menos os meu amigos felpudos tiveram - de experimentar os deliciosos snacks da marca.

"Mas tu provaste?". Não, amigos, não provei. Sendo um snack para os meu gatinhos não me pareceu justo roubar-lhes essa oportunidade. Mas tenho a dizer que basta ouvirem o som da saqueta a abanar, e o Dimitri e a Kika veê a correr que nem doidos.

Com menos de duas calorias por peça, Catisfactions não são uma ração comum mas sim um snack com excelente valor nutricional e que dá resposta às necessidades do nosso gatinho.

Devido o seu sabor delicioso - pela reação deles, até eu fiquei com vontade de experimentar - Catisfactions é uma excelente opção para utilizar como recompensa quando pretendem fazer jogos, traquinices e estimular o vosso amiguinho.

O Dimitri e a Kika adoraram e Catisfactions tornou-se um produtos essencial no nosso quotidiano.

Reading Time:

terça-feira, 10 de outubro de 2017

Olá, Porto!
outubro 10, 2017 8 Comments

Quais os locais que tenho mesmo que visitar na bela cidade Invicta? 

Vá lá, contem-me tudo!
Reading Time:

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Mexe A Bunda Que É Segunda #2
outubro 09, 20171 Comments
Resultado de imagem para frases motivacionais

Lutem pelo que acreditam e não se deixem vencer. No fim, vai valer a pena.
Reading Time:

sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Quase, quase, quase de partida!
outubro 06, 2017 6 Comments

A primeira viagem deste Outono está marcada!

Adivinham o destino?

Pista: É uma cidade portuguesa que cada vez conquista mais corações. Visitei-a pela primeira vez em Janeiro deste ano durante pouco mais de duas horas. 

Reading Time:

quarta-feira, 27 de setembro de 2017

A Música da Semana - La Gozadera
setembro 27, 2017 4 Comments

Obrigado a Gente de Zona e a Marc Anthony porque me deixarem sempre um bocadinho mais feliz quando esta música toca na rádio.

Mais fãs por ai?
Reading Time:

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Guia Completo Para O Ginásio: Conhece Aqui Todas As Espécies
setembro 22, 2017 8 Comments

Um guia para todos os que desejam conhecer melhor as estranhas espécies que habitam os ginásios deste mundo.

Guia


Atualmente vivemos numa civilização que vive de aparências. Se isso é sempre bom? Claro que não mas, como em tudo na vida, também não é sempre mau. Se em alguns casos sentimos a pressão do parecer em detrimento do ser, em outros casos o ser é a única opção.



Do it for the after selfie.


Uma das tendências que atualmente inunda todas as redes sociais, noticiários, revistas e blogues, é o fitness. Publicar umas quantas fotografias semanais no ginásio - se fizeres também uns instastories, melhor - tornou-se completamente essencial para manter um estatuto minimamente respeitável.

Ginásio


Ora vamos lá conhecer as espécies presentes neste habitat:
  • Os Omnipresentes - Estão sempre lá, independentemente do horário a que fores. Se vais de manhã, eles estão lá. Se vais à hora de almoço, eles estão lá. Se vais à tarde, eles estão lá. Se vais à noite, eles estão lá. Se não vais... acredita, eles estão lá! Nem deveriam pagar a mensalidade, até porque passam lá mais tempo que os próprios instrutores. É uma espécie em crescimento.
  • Os Adónis - Antes de mais que fique esclarecido: os membros desta espécie não são necessariamente bonitos. Depois não venham cá dizer que não vos avisei... Sabem aqueles gajos - peço desculpa, mas são maioritariamente homens - que terminam um exercício e vão para a frente do espelho fazer diversas poses enquanto admiram o seu físico fabuloso? Apresento-vos os Adónis.
  • Os Sonoros - Facilmente identificáveis pelos grunhidos que fazem durante T-O-D-O o treino. Desde o primeiro exercício até ao último, eles gritam, grunhem, fazem cara feia ao ponto de parecer que estão a cagar um cacto e quase que choram. Mas fazem-no orgulhosamente durante todo o treino como se se tratasse de um feito digno de toda a honra e mérito.




Guia


  • Os Açambarcadores - Provavelmente a espécie que mais me enerva. Quando terminam mantêm-se sentados, provavelmente à espera da próxima aparição da Virgem Maria que lhes dê a vontade necessária para fazer mais uma repetição ou, quem sabe, assim no auge da loucura, levantar as nalgas e dar lugar a outro! A sério, não  façam isso. Existem outras pessoas que precisam dos equipamentos. Se precisam de descansar entre séries levantem-se  e descansem enquanto outra pessoa utiliza a máquina. Não só se tornam pessoas mais educadas como evitam levar com um halter nos cornos.
  • As Divas - O equipamento é a última tendência e assenta na perfeição. Os ténis são lindos de morrer e parecem sempre novos, independentemente do número de vezes que já foram ao ginásio. O cabelo é um espanto e até a suar ficam bonitas. O mais triste? Nem precisam de ir ao ginásio porque já são boas como tudo. Basicamente, são umas grandes cabras.
  • Os Solitários - Vão com a sua música e headphones bem colocados. Raramente dizem uma palavra. São uma espécie neutra: não aborrecem e não se deixam aborrecer.
  • Os tagarelas - São maioritária, mas não exclusivamente, raparigas. A bem da verdade, o ginásio não lhes interessa. Não vão pelo exercício físico. Vão pela amizade, pelo companheirismo e porque parece mal estar todo o dia com o rabinho alapado no café. Metem a conversa em dia, tiram umas selfies e, se apetecer, experimentam uma ou outra máquina. Saem da sala tal e qual como entraram: sem uma única gota de suor.
  • Os Inconstantes - A minha própria espécie. Uns dias vão com tudo, outros dias arrastam-se tal zumbi de The Walking Dead e outros dias nem lá põem os pés. O gosto pelo mundo do fitness é algo que ainda estão a tentar incutir a si mesmos. Vão por peso na consciência ou por peso excessivo no rabo.



Guia




E vocês, fãs de ginásio, a que espécie pertencem?
Qual a espécie que mais vos irrita?



Reading Time:

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

A Minha Vida Dava Um Filme #3
setembro 21, 2017 2 Comments
Charming: Amor, anda cá ver! Pareces tu quando eu passo!


E pronto, é o que dá ter o melhor e mais tolinho namorado de todo o mundo.
Reading Time:

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

A Música da Semana | Qualquer Um Faz
setembro 20, 2017 4 Comments
Wuant é um youtuber português que conta com mais de dois milhões de subscritores no seu canal.

Qualquer Um Faz é a mais recente música de Wuant e veio agitar a internet. Para além da produção ser excepcional, a letra - que para alguns não tem qualquer nexo - faz todo o sentido para quem acompanha o trabalho deste jovem e tem uma pequena ideia dos comentários ignorantes e maldosos a que ele está sujeito diariamente.

Entre acusações de falta de humildade e excesso de narcisismo, acho que muitos falham em ver que se trata de um rap. Até posso estar errada mas para mim o rap é um estilo musical que expressa sentimentos e emoções de forma crua, sem preocupações em suavizar a situação ou "parecer bem". É a verdade pura e dura. Doa a quem doer.

E Wuant cumpriu tudo isso. Acho extremamente curioso que algumas pessoas se ofendam com uma música que apenas responde a milhares de comentários, mas que não se ofendam com os milhares de comentários maldosos e insultos diários que originaram a música.

Claro que a minha opinião não é lei e nada como verem o vídeo para tirarem as vossas próprias conclusões.



Já conheciam o canal do Wuant?
Qual a vossa opinião sobre a música?
Reading Time:

terça-feira, 19 de setembro de 2017

Por favor, parem com isso!
setembro 19, 2017 5 Comments
Hoje, enquanto levava a minha irmã à escola, deparei-me com uma quantidade de pessoas que aparentemente adora abrir o vidro do carro e cuspir para a rua.

A sério!?
Reading Time:

domingo, 17 de setembro de 2017

Eu, PotterHead, me confesso...
setembro 17, 2017 4 Comments
Resultado de imagem para potterhead

Nada como comemorar o décimo nono aniversário da maravilhosa saga de Harry Potter com uma maratona de filmes.
Reading Time:

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

The Hitman's Bodyguard [2017]
setembro 15, 20171 Comments
Resultado de imagem para the bodyguard 2017

Quando fomos ver Baywatch, o trailer de The Hitman's Bodyguard despertou-nos a atenção.

Depois de algumas semanas, resolvemos aproveitar o fim-de-semana e fazer uma maratona de cinema de mãe e filhos. Os escolhidos: The Hitman's Bodyguard e WonderWoman

Michael Bryce, um dos melhores guarda-costas a nível mundial, vê a sua carreira arruinada quando não consegue evitar a morte de um dos seus clientes.

Dois anos depois, por ironia do destino, Michael vê-se obrigado a proteger o assassino que matou o seu cliente e causou o declínio da sua carreira, Darius Kincain, uma testemunha crucial no julgamento de um de criminoso sem escrúpulos.

Numa parceira invulgar, Michael e Darius vêem-se obrigados a colocar as suas diferenças de lado e a protegerem-se mutuamente enquanto lutam para chegar ao julgamento a tempo.

Com o equilíbrio perfeito entre ação e comédia, The Hitman's Bodyguard foi a escolha ideal para alegrar um dia de preguiça. 



Quem viu? O que acharam?

Reading Time:

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Relacionamentos: É Amor ou Comodismo?
setembro 14, 2017 14 Comments

Amor

"O amor é a base de qualquer relacionamento."

Existem algumas certezas que sempre me acompanharam durante o meu crescimento. 

Uma delas, talvez uma daquelas em que acreditava com mais tenacidade, era que todos os relacionamentos se baseavam em amor.

Depois cresci, não muito confesso. Continuo a manter uma certa ingenuidade e a guardar com carinho muitos dos meus sonhos de menina mas, inevitavelmente, a vida acontece, e o mundo que inicialmente era a preto e branco, começa a ganhar diversos tons de cinza.

E, com muita tristeza minha, apercebi-me que a grande parte dos relacionamentos não tem por base o amor mas sim o comodismo. Quando ficamos por hábito, por não querer admitir que não resultou, por medo do desconhecido ou, simplesmente, porque não temos coragem de abrir o nosso coração ao desconhecido e tentar outra vez.

Existem avisos, sempre, mesmo quando queremos negar ou preferimos não encarar a dura verdade. Quando os gestos de carinho são inexistentes. Quando qualquer momento a dois é uma obrigação. Quando as palavras outrora amorosas se tornam em farpas venenosas. Quando o relacionamento é visto com um fardo e não como uma bênção. 

Quando isso acontece é altura de parar. Parar, pensar e tentar perceber: porquê é que eu estou aqui? Provavelmente, a resposta automática será: por amor. Mas será que é mesmo? Se amas, porque não dás um abraço ou um beijo sem motivo aparente? Se amas, porque não sorris quando vês o teu companheiro? Se amas, porque ignoras as datas que antes comemoravas? 

Se, por outro lado, a resposta está relacionada com filhos, medo ou falta de autonomia financeira, então lamento muito.

Nenhuma relação é perfeita. Como poderia ser se tem origem em dois seres imperfeitos? Mas cabe a ti perceber se é perfeita para ti e, principalmente, se o amor que outrora é algo pelo que vale a pena lutar.

Façam-me um favor: não aceitem menos do que aquilo que merecem e nunca fiquem numa relação para fazer a outra pessoa feliz porque, acreditem, apenas estão a adiar o inevitável e a desperdiçar duas vidas que, de outra forma, poderiam ser plenamente felizes e cheias de amor.

"Toda a vez que você aceita algo por comodismo ou conveniência, apaga uma luz nos seus olhos."
- Ana Macarini
Qual a vossa opinião? 
Conhecem mais relacionamentos baseados em amor ou em comodismo?



Reading Time:

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

A Música Da Semana | Felices Los Quatro
setembro 13, 2017 6 Comments


A música latina está a conquistar cada vez mais fãs por todo o mundo e, ao que parece, Maluma é um dos artistas que veio para ficar.

Depois da parceira com Ricky Martin em Vente Pa Cá, Felices Los Quatro tem passado em tudo o que é rádio e faz com que até o mais desastrado dos seres humanos comece a balançar o pézinho. 

O ritmo é fantástico e mesmo quem não pesca uma palavrinha de espanhol, não resiste a grunhir alguns sons pouco ou nada semelhantes à letra. 

É daquelas músicas que fica no ouvido, que nos faz querer dançar e cantar mas, quando começamos a analisar a letra, torna-se um bocado parva. 

Basicamente ele não se importa que ela vá com este ou com aquele porque ela volta sempre. Não se importa com o que ela faz ou deixa de fazer e, caso seja necessário, podem ampliar o quarto e ser felizes os quatro.

Mas que raio?! Sou só eu que acho isto meio parvo?
Seja como for, continuo a gostar da música.
Reading Time:

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

LIVRO | Trilogia "A Seleção"
setembro 11, 2017 7 Comments
Depois da publicação sobre Os Pequenos Grandes Amores, muitos ficaram curiosos como a nova trilogia que conquistou o meu coração. 

Prometi fazer uma publicação sobre essa trilogia e, como o prometido é devido, cá estou eu para cumprir a minha promessa.

A Seleção é uma trilogia da autoria de Kiera Cass, composta pelos livros: A Seleção, A Elite e A Escolha.


A HISTÓRIA

A história tem lugar em Ílea, um país criado após a Quarta Guerra Mundial. 

Em Ílea a população divide-se em oito castas. Os "Um" são a família real e os "Oito" são mendigos e sem-abrigo. Como podem calcular, os benefícios e a qualidade de vida vão diminuindo progressivamente até chegar à casta mais baixa. 

De modo a controlar a população, e dar um pouco de esperança às castas mais baixas, todos os príncipes escolham a sua futura esposa numa cerimónia: A Seleção.

Para trinta e cinco jovens, provenientes das mais diversas castas, a Seleção é a oportunidade de fugir ao destino que lhes foi traçado e de pertencerem à família real. E, apesar de ser o sonho de muitas jovens, não é o sonho de America, que apenas concorre para satisfazer a mãe.

Após ser seleccionada, America vê a sua vida desabar e fica de coração partido por ter de abandonar Aspen, o seu amor secreto.

No entanto, tudo muda. A viver no palácio, America começa a conhecer o príncipe Maxom e, pouco a pouco, começa a questionar todos os planos que tinha para a sua vida, incluindo os seus sentimentos.


A MINHA OPINIÃO

A Seleção conquistou-me desde a a primeira página do primeiro volume, até à última página do terceiro volume. 

Com uma história rica e completa, sentimos-nos parte deste mundo criado por Kiera Cass.

E as personagens, com tantas qualidades como defeitos, tornam-se tão reais que nos fazem rir e chorar com as suas vitórias e derrotas.

Ao contrário do que acontece com grande parte das sagas, A Seleção mantém a sua qualidade de livro para livro.

E, não que seja importante mas também não faz mal nenhum, as capas são adoráveis!
Já leram? Se sim, o que acharam?
Reading Time:

@way2themes