quinta-feira, 17 de março de 2016

Desempregados... mas com pouca vontade de trabalhar.

Mesmo já tendo acontecido mais do que uma vez, não consigo deixar de ficar espantada quando além me diz que está desempregado e, quando sugiro que preencham a ficha de candidatura para a empresa onde trabalho, a resposta é sempre a mesma: "Não.".

Honestamente não compreendo como é que alguém que está desempregado e apregoa aos sete ventos "passar por imensas dificuldades", consegue recusar uma possível oportunidade numa multinacional - que é das mais conceituadas no seu ramo - de uma forma tão fria e definitiva.

Não perguntam condições, regalias ou deveres. Nada. Lamento, mas não consigo crer que as dificuldades sejam assim tantas se se dão ao luxo de recusar assim uma oportunidade.

grunge, mystery, and light image

18 comentários:

  1. Manda lá a ficha que eu preencho :)

    ResponderEliminar
  2. Trabalhas em quê? Estou à procura de algo mais virado para a minha área :)
    Mas realmente há muita gente que prefere andar a ganhar subsídios sem fazer nada, enquanto alguns de nós nos esfalfamos a trabalhar .

    ResponderEliminar
  3. Eu estou desempregada mas ando a mandar currículos para a minha área e fora dela. Só não concorro para part-times fora de casa porque só ia ter despesa.
    E inclusive ando a tentar montar um consultório.
    Existem desempregados que tentam arranjar trabalho, outros que se acomodaram ou que não querem saber

    ResponderEliminar
  4. A grande parte dos desempregados estão nessa situação porque querem. Porque arregaçar as mangas e fazer-se à vida é mais dificil do que ficar em casa a ver televisão. Principalmente quando se tem um "canudo" nas mãos. Parece que esse diploma lhes dá um crédito extra no que toca a motivações para nem sequer procurar trabalho noutras áreas... irritante!

    ResponderEliminar
  5. Obrigada!! É uma coisa que não consigo mesmo perceber, isso ou aqueles que dizem "para receber o ordenado mínimo mais vale ficar em casa"...
    Por favor, para quem se queixa das dificuldades, se fosse eu, aceitava logo "a primeira coisa que aparecesse"

    ResponderEliminar
  6. R: Aconselho-te a leres o post que escrevi a seguir ao do site de escrever artigos.

    ResponderEliminar
  7. É algo que não consigo perceber, realmente...
    É simplesmente ridículo!

    ResponderEliminar
  8. Trabalhas em que empresa querida? Cá em Lisboa?

    Tinha imensas saudades de vir aqui!! Estás boa?

    ResponderEliminar
  9. Vá se lá entender as razões...


    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  10. Há pessoas que estão desempregadas mas apesar de se queixarem, gostam do seu estado. Só que socialmente fica-lhes mal dizer isso.

    ResponderEliminar
  11. Opaaaaaa diz me onde é a tua empresa que vou já lá :)

    ResponderEliminar
  12. Eu percebo-te tão bem. Quando estava em Londres havia imensas pessoas que me contactavam a dizer que andavam desesperadas à procura de emprego, que queriam imigrar e a pedir ajuda para ver se encontrava algum trabalho para eles por lá. Algumas pessoas mal conhecia mas tentava ajudar mesmo assim. Consegui arranjar trabalho para quatro pessoas e conseguia arranjar para mais mas as restantes acabavam por dizer que afinal já não queriam. Ou porque não era o tipo de emprego que queriam, ou porque não ficava mesmo no centro de Londres, ou porque não pagavam tanto quanto eles queriam receber...
    Eu acabava por ficar irritada porque andava com trabalho a procurar, a pedido deles, e depois arranjavam desculpas. Se o fazem é porque não estão em tão má situação como dizem estar...

    ResponderEliminar
  13. Infelizmente existem pessoas que mesmo desempregadas e dizeram passar por dificuldades, não se querem contentar com certos trabalhos, ora porque se trabalha ao fim-de-semana ora por outras coisas que enfim, na verdade, e o que queres explicar é que quem precisa não recusa qualquer oportunidade desde que digna, mas infelizmente esta é a realidade de muita gente :/

    Bom domingo! *

    ResponderEliminar
  14. Olá! :D Estás a trabalhar em quê?

    ResponderEliminar
  15. Há tanta gente assim, faz-me imensa confusão haver pessoas a queixarem-se da vida e ainda se darem ao luxo de seleccionar propostas de trabalho

    ResponderEliminar

Christmas TAG [Parte 2]

Tal como prometido, aqui fica a segunda parte da Christmas TAG. 8- Sê honesto, preferes dar ou receber presentes? Não só adoro dar ...