Auschwitz, Um Dia de Cada Vez de Esther Mucznik.


Auschwitz, Um Dia de Cada Vez, conta apenas com 336 páginas mas levou-me algum tempo a ler ou melhor, a digerir. É um livro fabuloso que, numa primeira e breve fase, expõe a Europa no pré-Guerra e faz uma contextualização bastante relevante. O quotidiano e as atrocidades cometidas nos campos de concentração são descritas e complementadas com testemunhos de sobreviventes. O mesmo acontece no momento da libertação e em alguns relatos pós-Guerra.

A capacidade de sobrevivência do ser humano é algo extraordinariamente notável e evidente neste livro no entanto sem os relatos destes heróicos sobreviventes nunca se teria alcançado um livro tão completo, didático e, simultaneamente, tão pessoal que convida à reflexão e expõe não só o pior mas também o melhor do ser humano.

É inevitável ficar horrorizado e revoltado com alguns relatos mas há coisas que não devem ser esquecidas, por mais terríveis que sejam.

Comentários

  1. Eu não tenho vontade de ler esse livro...relatos de horror não devem faltar.

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  2. R: não. Já não tenho idade para ligar a isso. Não uso mais vezes porque não me sinto ainda muito confortável. Já para não falar que se vem uma ventania e eu estou em cima de saltos devo abanar por todos lados xD

    ResponderEliminar
  3. Boa tarde, Tulipa Negra! Se seu avô a chama assim, assim será. Adorei a sua forma de lidar com as palavras e as imagens que exalam delas. Sou uma escritora brasileira e estou lançando o livro No convés do tempo em Portugal. Ficaria muito honrada se você conhecesse minhas palavras. Criei um novo blog sobre adolescência. Quando puder, faça uma visita. Parabéns pelo blog!
    https://www.chiadoeditora.com/livraria/no-conves-do-tempo

    ResponderEliminar
  4. Deve ser muito interessante, mas difícil de acompanhar.

    ResponderEliminar
  5. Devoro tudo o que é filmes, documentários e afins sobre essa época. Não conhecia esse livro, quero muito ler!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário