Avançar para o conteúdo principal

Hipocrisia a um novo nível.

Tess Holliday, uma modelo com 120 quilos e uma altura de 1 metro e 65 centímetros, foi recentemente capa da revista People por "desafiar o conceito de beleza". Enquanto meio mundo aplaude eu estou, mais uma vez, contra. Enquanto uns lutam para instaurar pesos mínimos para as modelos de modo a evitar distúrbios alimentares e anorexia outros promovem modelos obesas?! Mas que hipocrisia é esta?! Ser demasiado magro é mau mas ser demasiado gordo já pode ser? Por favor acordem para a vida, ser obeso é tão grave como ter anorexia. São dois extremos, como impactos diferentes na saúde mas ambos prejudiciais.

Todas as mulheres devem sentir-se bem com o seu corpo, devem aceitar cicatrizes, ancas largas, peito pequeno, sardas, estrias, o que quer que seja, mas devem amar ainda mais a sua saúde e isto não é saudável. E se uma pessoa assim se sente bem com o seu corpo algo está errado com a sua mente. Uma pessoa assim, como qualquer outro problema de saúde que esteja ao seu alcance corrigir, deve reconhecer que está a colocar a sua saúde e, consequentemente, o corpo que tanto diz amar, em risco. Deve pedir ajuda e não levar palmadinhas nas costas.

Quando decidirem colocar mulheres saudáveis em desfiles, anúncios, cartazes e revistas têm todo o meu apoio mas para isto não. Estamos a confundir as coisas, estamos a ir dos oito aos oitenta e a promover comportamentos de risco em vez de um estilo de vida saudável. Por favor, abram os olhos e tomem consciência antes que seja demasiado tarde para algumas pessoas.



Comentários

  1. Sinceramente concordo contigo...Estou farta de ler comentários do género "pelo menos estas mulheres existem.", sim, porque as pessoas magras não existem. Se não se quer promover a anorexia que não se promova a obesidade, haja algum bom senso...

    ResponderEliminar
  2. Tenho 120 e muitos quilos e sou saudável! Não percebi o teu último parágrafo. Porque é que as pessoas acham que ter peso a mais não é ser saudável? Claro que o peso a mais trás algumas contra indicações mas em termos de saúde só tenho isso mesmo! PESO A MAIS! Não tenho colesterol, não tenho problemas cardíacos nem respiratórios... Aliás, tenho anemia....

    ResponderEliminar
  3. Eu não consigo concordar com a ideia de que esta modelo está a revolucionar o mundo da moda. O que aqui se apresenta é um caso grave de obesidade. Ela tem o dobro do peso daquilo que é considerado saudável e, se continuar assim, nem chega aos cinquenta anos.
    Quero dizer, entendo a tentativa, mas é algo totalmente errado incentivar a falta de saúde.

    ResponderEliminar
  4. Escrevi sobre esta hipocrisia ridícula no meu blog há uns temo e acho que esgotei as palavras. Não conhecia esta história mas só me consigo rir: esta sociedade está cada vez mais hipócrita e está a chegar a um cúmulo que eu nunca esperei. Uma modelo de 120 quilos. 120 QUILOS. Com a altura dela não acredito que seja saudável. Já temos mulheres confusas porque de repente ser magra passou a ser um defeito horroroso, porque a sociedade só quer mulheres com curvas, agora estamos a chegar ao patamar de que ser obesa não tem nenhum. Way to go, society, fuck it all up!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Adoro a tua sinceridade e a maneira como vês o teu corpo, mesmo. Eu sou o contrário e já tive bastantes problemas a aceitar isso. Neste momento acho que estabilizei e consigo ver que preciso de mais uns quilinhos mas sinto-me bem assim. Sou saudável.

      Atenção, que eu estou a falar por ver as fotos dela. Não lhe pedi análises, obviamente. Mas acho, muito sinceramente que alguém com aquele conjunto de peso + altura não pode ser saudável. Eu conheço uma pessoa de 105 quilos, mas é homem e medo 1,95m. Mesmo assim, o IMC dele está acima do peso! É enorme, anda no ginásio, tem uma dieta super equilibrada, mas todos aqueles quilos não são só gordura. Numa mulher de 1.65m é muita coisa para o corpo. Sem querer ofender mas obrigada por confidenciares comigo: tu já tentas fazer o melhor pelo teu corpo com 80kg, ou seja, ela tem mais 40kg que tu... Não consigo acreditar que seja saudável, pelo menos a longo prazo... Quanto mais não seja, imagina os ossos, as articulações... Tudo isso se irá ressentir por ter tanto peso em cima. Até fui calcular o IMC da modelo e olha :

      44,08
      Obesidade - grau III (mórbida)

      Eliminar
    2. Acredito que não seja nada fácil. Eu também já tive esses preconceitos por me dizerem que era muito magra. Apesar de as nossas situações serem diferentes, e os preconceitos também, acredito que os sentimentos fossem semelhantes. É preciso uma luta muito dura para nos aceitarmos e nos sentirmos bem com o nosso corpo em situações como essas. Mas acredito que vais conseguir alterar isso em ti :) Gostar do que tens agora, independentemente de queres mudar ou não, só depende mesmo de ti :)

      Eliminar
  5. Concordom acho que deviam usar mulheres normais... Como todas somos, mas mostrar anoreticas ou obesas venha o diabo e escolha

    ResponderEliminar
  6. Concordo completamente contigo, porque é que as pessoas só saber viver nos extremos não dá para perceber!! E não há mulheres "normais" nem mulheres "reais" as magras as de peso médio e as obesas são normais e reais porque o normal e o real é existir tudo isso o normal e o real são as diferenças, tanto de peso como de tudo o resto!
    Bj S

    ResponderEliminar
  7. Desculpa... li a quente e respondi... Não fico nada chateada querida... A sério...Mas acho que isto não deve ser encarado como 8 e 80 mas sim como uma não discriminação...Isto porque só magras quase anoréxicas na capa e nunca viste uma gorda gorda... Pronto. Houve uma. Só isso... Uma não discriminação. :)
    Um beijinho*

    ResponderEliminar
  8. concordo perfeitamente, já tinha comentado com várias pessoas a minha opinião em relação a isto, não entendo mesmo!

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Mais de 1500.

Imagem de Deathtostock
Mais de 1500 publicações, 1507 se quisermos levar a precisão ao extremo. Mais de 1500 opiniões, parvoíces, textos, frases, imagens e idiotices.
Não posso dizer que estou surpreendida pelo número de publicações visto que, quando criei este blogue fi-lo com o objetivo de criar algo duradouro, algo que me acompanhasse, crescesse e evoluísse comigo. O que me surpreende são vocês. Vocês, que começaram a ler e gostaram. Vocês, que despendem de um pouco do vosso dia para apoiar, criticar ou dar a vossa opinião. Vocês, que continuam a voltar dia após dia mesmo quando as actualizações são raras. A todos vocês muito obrigado.

Relacionamentos: É Amor ou Comodismo?

"O amor é a base de qualquer relacionamento."
Existem algumas certezas que sempre me acompanharam durante o meu crescimento. 
Uma delas, talvez uma daquelas em que acreditava com mais tenacidade, era que todos os relacionamentos se baseavam em amor.
Depois cresci, não muito confesso. Continuo a manter uma certa ingenuidade e a guardar com carinho muitos dos meus sonhos de menina mas, inevitavelmente, a vida acontece, e o mundo que inicialmente era a preto e branco, começa a ganhar diversos tons de cinza.
E, com muita tristeza minha, apercebi-me que a grande parte dos relacionamentos não tem por base o amor mas sim o comodismo. Quando ficamos por hábito, por não querer admitir que não resultou, por medo do desconhecido ou, simplesmente, porque não temos coragem de abrir o nosso coração ao desconhecido e tentar outra vez.
Existem avisos, sempre, mesmo quando queremos negar ou preferimos não encarar a dura verdade. Quando os gestos de carinho são inexistentes. Quando qualquer moment…

Pensa Rápido #1

Se pudesses viajar para qualquer lugar do mundo, que lugar escolherias?
A minha resposta está na imagem!