Avançar para o conteúdo principal

Color of the Year 2015 - Marsala.

A Pantone elegeu, como cor para o ano de 2015, o tom Marsala. E eu, apesar de desconhecer o nome de tal tom, fiquei feliz, feliz, feliz! Ao contrário do Radiant Orchid de 2014 esta é uma cor muito mais atractiva, tanto para homem como para mulher, favorece um leque muito mais abrangente de tons de pele no que diz respeito a vestuário e acessórios, e é facilmente aplicável na decoração de interiores.



Não estão convencidos? Então inspirem-se nas magnificas imagens que a Pantone reuniu só para nós - e para o resto do mundo, mas vá.


       PANTONE COLOR OF THE YEAR 2015 - MARSALA 18-1438 - A UNIFYING ELEMENT


O que acharam? Convenceu-vos ou ficam à espera de melhor para 2016?

Comentários

  1. epah... que cor esquisita essa =P

    xoxo

    ResponderEliminar
  2. O nome é estranho mas é uma cor bonita :)

    ResponderEliminar
  3. r: Então o problema não é a idade.
    Tenta enviar para roxyyblogger@gmail.com. Senão conseguires, obrigada na mesma!

    ResponderEliminar
  4. Eu AMO essa cor, ela já faz parte do meu guarda-roupa e das minhas cores de eleição há uns anitos e dela não abdico nem que venha o Papa dizer que está ultrapassada!!! xD

    ResponderEliminar
  5. Eu gosto imenso da cor, estou convencidíssima!

    ResponderEliminar
  6. A cor é bonita, mas eu gostava mais da do ano passado! Beijinhos,
    Neptune's Secrets Blog | Facebook | Tumblr

    ResponderEliminar
  7. Gosto, gosto! E para quem não gosta de roupa desta cor, há sempre o toque dos acessórios. Realmente, não sabia o nome.. xD

    ResponderEliminar
  8. Vou lá voltar de certeza!! Vou lutar para conseguir isso :')
    Beijinho
    http://lifealwaysgoes.blogspot.pt

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Relacionamentos: É Amor ou Comodismo?

"O amor é a base de qualquer relacionamento." Existem algumas certezas que sempre me acompanharam durante o meu crescimento.  Uma delas, talvez uma daquelas em que acreditava com mais tenacidade, era que todos os relacionamentos se baseavam em amor. Depois cresci, não muito confesso. Continuo a manter uma certa ingenuidade e a guardar com carinho muitos dos meus sonhos de menina mas, inevitavelmente, a vida acontece, e o mundo que inicialmente era a preto e branco, começa a ganhar diversos tons de cinza. E, com muita tristeza minha, apercebi-me que a grande parte dos relacionamentos não tem por base o amor mas sim o comodismo. Quando ficamos por hábito, por não querer admitir que não resultou, por medo do desconhecido ou, simplesmente, porque não temos coragem de abrir o nosso coração ao desconhecido e tentar outra vez. Existem avisos, sempre, mesmo quando queremos negar ou preferimos não encarar a dura verdade.  Quando os gestos de carinho são inexistentes. Quando qualquer m

Mais de 1500.

Imagem de Deathtostock Mais de 1500 publicações, 1507 se quisermos levar a precisão ao extremo. Mais de 1500 opiniões, parvoíces, textos, frases, imagens e idiotices. Não posso dizer que estou surpreendida pelo número de publicações visto que, quando criei este blogue fi-lo com o objetivo de criar algo duradouro, algo que me acompanhasse, crescesse e evoluísse comigo. O que me surpreende são vocês. Vocês, que começaram a ler e gostaram. Vocês, que despendem de um pouco do vosso dia para apoiar, criticar ou dar a vossa opinião. Vocês, que continuam a voltar dia após dia mesmo quando as actualizações são raras. A todos vocês muito obrigado.

Decisões de Menina Crescida.

Tenho a oportunidade de me envolver numa empresa que me irá dar alguma estabilidade e, a longo prazo, uma carreira profissional sólida. No entanto é necessário realizar um investimento inicial que, neste caso, iria envolver todas as minhas economias.  A verdade é que tenho algum receio. O que para a maioria das pessoas envolvidas no negócio pode ser um valor insignificante, para mim abrange praticamente a totalidade do capital que tenho disponível e não consigo deixar de me sentir insegura e algo ansiosa. Detesto a sensação de ficar financeiramente desprotegida, ainda que por pouco tempo. Tenho que tomar uma decisão até dia 25 e espero decidir pelo melhor mas, muito honestamente, não faço a menor ideia do que devo fazer.